Blumenau: “Corridas do Bem 2019” arrecadará recursos à entidade beneficente

Publicidade

Foto: Divulgação

O “Corridas do Bem 2019”, realizado pela FarmaSesi, acontecerá este ano no dia 7 de julho, com largada prevista para as 8h, no complexo esportivo Bernardo Werner (SESI), localizado na Rua Itajaí, 3434, no bairro Vorstadt. O evento tem como proposta estimular a qualidade de vida e o bem estar da comunidade.

A saída e chegada das corridas serão na pista sintética de atletismo.  As provas acontecerão nas categorias corrida Individual Masculina e Individual Feminina de 5K ou 10K. A idade mínima de participação para a prova de 5K é de 14 anos, enquanto para prova de 10K é de 16 anos. Menores de 18 anos devem apresentar autorização por escrito do pai ou responsável legal.

O evento propõe unir o incentivo à cultura esportiva e prática de fazer o bem. Parte do valor das inscrições será revertida para uma instituição de amparo social. Em Blumenau, a Associação de Amigos, Pais e Portadores de Mielomeningocele (AAPPM) foi à entidade beneficente escolhida para receber a ajuda financeira.

As inscrições podem ser feitas através do site www.encurtador.com.br/uNV23, até terça-feira, dia 2 de julho, pelo valor de R$ 45. Cada participante terá direito a um kit que contém: camiseta, sacochila, envelope com chip, numeral de corrida que deverá ser fixado na camiseta, na altura do peito e outros brindes.

Associação de Amigos, Pais e Portadores de Mielomeningocele

A Associação é uma Organização Sem Fins Lucrativos (OSC) que atende pessoas com mielomeningocele, e tem por missão promover ações de prevenção, proteção, orientação e amparo às pessoas com deficiência física em decorrência da mielomeningocele e consequências, com a finalidade de garantir a defesa e efetivação dos direitos socioassistenciais.

A AAPPM iniciou suas atividades em 2005 e, em 2013, intensificou suas ações já com uma sede própria, possibilitando, por meio dos serviços que oferece a habilitação e reabilitação de seus usuários. A entidade teve início com a junção de familiares de pessoas com mielomeningocele, que compartilhavam da mesma frustração por falta de orientação, e de um espaço para o atendimento da especificidade.

PUBLICIDADE

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: