InícioBrusqueCinco detentos são condenados por matarem outro preso na Unidade Prisional Avançada...

Cinco detentos são condenados por matarem outro preso na Unidade Prisional Avançada de Brusque

Em um julgamento que durou mais de 20 horas, o Conselho de Sentença de Brusque, no Vale do Itajaí, acolheu a tese do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e cinco detentos foram condenados pela morte de outro preso, que ocorreu em uma cela da Unidade Prisional Avançada no município.

Segundo a denúncia da Promotora de Justiça Susana Perin Carnaúba, da 4ª Promotoria de Justiça da comarca, os réus cometeram o crime enforcando o preso com uma corda improvisada, feita de lençol. 

O modo de agir foi para que a causa da morte fosse deduzida como um suicídio. A razão do homicídio, segundo a ação penal do MPSC, seria a suspeita de que a vítima teria delatado um plano de fuga e a entrada de drogas na unidade. A condenação dos cinco réus ocorreu na última sexta-feira (27).  

Clique aqui para seguir o canal de notícias do Portal Alexandre José no WhatsApp

O crime

Segundo a denúncia do MPSC, em 9 de agosto de 2019, os criminosos armaram um plano para matar outro detento, por suspeitarem de que ele havia delatado o propósito deles de fugirem da Unidade Prisional.

Porém, a morte teria que parecer um suicídio. Para isso, eles obrigaram a vítima a escrever uma carta para sua mãe, detalhando que iria se matar porque estava com depressão e era oprimido pelos agentes penitenciários.  

Em uma outra carta que ele foi obrigado a escrever, endereçada a uma organização criminosa, a vítima confessava que tinha delatado os réus sobre o suposto plano de fuga. 

A seguir, os criminosos perguntaram para a vítima se ele queria morrer acordado ou dormindo, afirmando que se escolhesse que queria morrer dormindo, eles iriam dar remédios para ele tomar e, se acordasse no dia seguinte, poderia pedir seguro ou saúde e sair sem problema. Neste passo, recolheram remédios da própria cela e das celas vizinhas e deram à vítima, até ele ficar dopado e dormir.  

Foi então que eles carregaram a vítima para a área dos banheiros e a penduraram por uma corda feita com lençóis. A tentativa falhou, ele caiu, ocasionando lesão na cabeça. Mas eles repetiram a prática até consumarem o homicídio, matando o rapaz por enforcamento.   

Leia mais notícias de Blumenau e região

Prefeitura de Pomerode vai abrir concurso público e processo seletivo; veja as vagas

Novos pontos de fiscalização eletrônica em Blumenau entram em operação na quarta

Chuva persiste em novembro no Estado, segundo Epagri; confira

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com