InícioBrasilPesquisa aponta maior taxa anual de inadimplência desde 2016

Pesquisa aponta maior taxa anual de inadimplência desde 2016

O volume de famílias com contas atrasadas no país subiu em outubro e atingiu a maior taxa anual em seis anos. Os dados são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

• Clique aqui e faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp

Segundo o estudo, a proporção de famílias inadimplentes ficou em 30,3% em no mês passado, alta de 0,3 ponto percentual em relação a setembro. Já em comparação ao último ano, o aumento é de 4,6 pontos. Esse avanço foi o maior registrado na comparação anual desde março de 2016. O indicador subiu pelo quarto mês consecutivo.

O aumento na inadimplência ocorreu mesmo com a relativa estabilidade na proporção de endividados. Em outubro, o percentual das famílias com dívidas a vencer chegou a 79,2%. De acordo com a CNC, o aumento da inadimplência pode ser explicado pela combinação de grande nível de endividamento e juros altos.

Na avaliação da entidade, esse cenário dificulta a quitação de todos os compromissos financeiros dentro do mês, mesmo com a melhora progressiva no mercado de trabalho, a queda da inflação e as políticas de transferência de renda reduzindo a proporção de endividados.

Fonte: Agência Brasil, editado por Redação

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com