InícioEleições 2022Eleições 2022: candidatos do 2º turno não podem ser presos a partir...

Eleições 2022: candidatos do 2º turno não podem ser presos a partir deste sábado

A partir deste sábado (15), nenhum candidato que disputa o segundo turno das eleições poderá ser preso, a não ser que seja pego em flagrante. O prazo dura até 48 horas após as votações do turno, marcadas para o dia 30 deste mês.

• Clique aqui e faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp 

Essa regra vale também para os fiscais eleitorais, mesários e delegados de partidos, que só podem ser presos em flagrante ou em condenação por crime inafiançável. A lei se aplica aos eleitores a partir do dia 25.

Para a presidência da República, participam do segundo turno o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Além de 24 candidatos para governador de 12 estados, como em Santa Catarina entre Jorginho Mello e Décio Lima.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com