InícioAlto ValeMetade das crianças foram vacinadas contra paralisia infantil em Rio do Sul

Metade das crianças foram vacinadas contra paralisia infantil em Rio do Sul

Em Rio do Sul, em torno de 50% das crianças de zero a cinco anos incompletos foram imunizadas contra a paralisia infantil o que corresponde a 1.874 doses aplicadas. A meta é de pelo menos 95%. Como a meta está abaixo do esperado a Campanha Nacional de vacinação contra a poliomielite e a multivacinação de crianças e adolescentes foi prorrogada até 30 de setembro em todo o país.

• Clique aqui e faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp

Locais de vacinação

Os locais de imunização da cidade são a Policlínica, das 8h às 16h e as unidades de saúde dos bairros Barragem, Bremer, Budag, Canta Galo, Fundo Canoas, Santa Rita e Santana, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h.

A campanha, que começou em 8 de agosto, vale tanto para o combate à poliomielite, como para a multivacinação, focada em crianças e adolescentes de até 15 anos incompletos, esta sem meta definida de imunização.

A ação tem como objetivo reduzir o risco do poliovírus selvagem no país, além de facilitar o acesso da população às vacinas, elevando a cobertura vacinal e contribuindo para a prevenção, controle e erradicação de doenças imunopreviníveis.

De acordo com a secretária de Saúde, Roberta Hochleitner, os pais ou responsáveis não devem ter receio de encaminhar os filhos para imunização.

“Muitas vacinas são regulares e obrigatórias para que a criança esteja protegida de diversas doenças. É importante que os pais ou responsáveis fiquem atentos à atualização da caderneta de vacinação e não percam os prazos”, alerta a secretária.

Leia mais notícias de Blumenau e região:

Mulher é presa após deixar filho especial sozinho e apartamento pegar fogo em Blumenau

Motoristas ficam encarcerados após carro e furgão baterem de frente na BR-470

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com