InícioIndaialMarido de mulher encontrada morta às margens de ribeirão em Indaial é...

Marido de mulher encontrada morta às margens de ribeirão em Indaial é preso

O marido de Ivani D’Agostini Costa, mulher que foi encontrada morta nas margens do Ribeirão Warnow, em Indaial, no dia 6 de junho, foi preso pela Polícia Civil nessa quarta-feira (31). Segundo as investigações, ele é suspeito de assassinar a esposa, que tinha 56 anos.

A princípio, acreditava-se que Ivani tinha morrido após sofrer uma queda – ou seja, uma morte acidental. A Polícia Civil, porém, passou a desconfiar de um possível feminicídio após ouvir o marido dela se contradizer diversas vezes durante depoimento.

• Clique aqui e faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp

“Começamos a investigar o caso por se tratar de uma morte violenta“, explicou o delegado Marcos Ito Okuma à reportagem. “Logo foram percebidas diversas contradições no depoimento do marido dela, e intensificamos as investigações“.

Conforme o delegado, a suspeita é que o crime teve motivação financeira. “O marido era o único beneficiário do testamento da vítima, que tinha um motorhome avaliado na casa dos R$ 400 mil“, afirmou o delegado. “Também temos indícios de que ela tinha planos de terminar o relacionamento, o que tiraria o suspeito do testamento”.

Após finalizar o inquérito, o delegado representou pela prisão preventiva do marido de Irani – pedido que foi aceito pelo Poder Judiciário. Após preso, o suspeito foi encaminhado ao Presídio Regional de Blumenau, onde ficará a disposição da Justiça.

Morte foi considerada acidental

Ivani foi encontrada morta na tarde do dia 6 de junho. Segundo o Corpo de Bombeiros Voluntários de Indaial, ela tinha um ferimento na cabeça e foi achada nas proximidades da Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. A suspeita inicial é de que ela teria caído em um barranco de aproximadamente 1 metro.

Durante atendimento, os bombeiros confirmaram que ela não havia resisto aos ferimentos e estava morta. Diante dos fatos, o Instituto Geral de Perícias (IGP) foi acionado e encaminhou o corpo da vítima ao Instituto Médico Legal (IML) de Blumenau.

Paixão por viagens

Natural do Paraná, Ivani era apaixonada por viajar e mantinha um canal no YouTube, onde registrava em vídeos as viagens que fazia junto ao noivo em um motorhome. Na última publicação do canal, o casal apresentou a Capela Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, localizada em Indaial. Confira:

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com