InícioBlumenauJustiça autoriza transferência de acusado de matar mulher e bebê para ...

Justiça autoriza transferência de acusado de matar mulher e bebê para Blumenau

Preso em Campinas-SP desde o dia 26 de julho, Kelber Henrique Pereira, apontado como principal suspeito de assassinar Jéssica Ballock, de 23 anos, e Théo Pereira, de apenas 3 meses, teve sua transferência para Blumenau autorizada pela Justiça. A informação foi confirmada pelo delegado Ronnie Esteves, que está responsável pelas investigações.

“A Justiça autorizou a transferência na última sexta-feira (29)”, disse o delegado. “Agora depende apenas do Departamento de Administração Prisional (Deap) de Santa Catarina, que já foi intimado, efetivar essa transferência. Acreditamos que ele chegue na cidade até o fim de semana, para podermos ouvi-lo”.

Crime brutal e buscas pelo suspeito

Os corpos de Jéssica e Théo foram encontrados dentro do apartamento da família, localizado na Rua dos Caçadores, no bairro Velha, na manhã do dia 25 de julho. De acordo com a Polícia Civil, Kelber – companheiro de Jéssica e pai do bebê – não foi encontrado no local, bem com o filho mais velho do casal, de 1 ano e 10 meses.

Imediatamente identificado como principal suspeito do crime, Kelber passou a ser considerado foragido na manhã do dia 26 de julho, quando a 1ª Vara Criminal da Comarca de Blumenau expediu um mandado de prisão temporária contra ele. No mesmo dia, o filho mais velho do casal, que foi levado por ele na fuga, foi deixado na casa dos avós paternos, em Minas Gerais. A criança, inclusive, já está com os avós maternos.

Com o mandado expedido, policiais de Santa Catarina, São Paulo e Minas Gerais trabalharam nas buscas por Kelber. Ele acabou sendo encontrado em Paulínia, no interior de São Paulo. Conforme a polícia local, ele deixou o filho mais velho na casa dos pais e seguiu até a cidade de Bragança Paulista-SP e trocou de carro. Na sequência foi para Paulínia, onde foi preso.

Fotos: Redes sociais

Confissão em vídeo

Um vídeo obtido pelo Portal Alexandre José na manhã desta quarta-feira (27) mostra Kelber confessando ter matado a companheira e o filho de apenas 3 meses. Segundo ele, o crime aconteceu na madrugada de domingo (24).

“No sábado (23) à noite fui em um churrasco na casa do meu sogro. Ele comprou cerveja, e eu bebi. Fazia tempo que eu não bebia, porque usava drogas antes. Parei de beber pra não usar droga. Bebi bastante. Meia-noite, 1h, fomos embora, e me deu vontade de usar droga porque bebi“, disse.

Ele disse que não se lembra do que aconteceu depois, mas que matou a companheira, de 23 anos, e o próprio filho, de apenas 3 meses. “A hora que acabou a droga, não lembro o que aconteceu, mas acabei matando ela e meu filho. Não sei como, não me lembro muito. A única coisa que pensei foi em pegar meu outro pequeno e levar pra casa da vó“, relatou.

Confira no vídeo abaixo:

Leia mais notícias de Blumenau e região:

Identificados homens que morreram em grave acidente na BR-470 em Agronômica

Idoso é preso após tentar matar a ex-esposa e jogar objetos contra policiais em Blumenau

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com