InícioSanta CatarinaCondenado homem que matou a própria filha estrangulada em Guaramirim

Condenado homem que matou a própria filha estrangulada em Guaramirim

Ubiratan Luis Modrock, de 40 anos, foi condenado a 30 anos de prisão por matar a própria filha (na época com apenas 5 anos) estrangulada em Guaramirim, no Norte de Santa Catarina. O Júri Popular foi realizado nessa terça-feira (30) na Comarca da cidade e foi presidido pela juíza Tatiana Cunha Espezim.

• Clique aqui e faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp

O crime foi registrado no dia 12 de julho de 2021. Conforme denúncia do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), Ubiratan matou Evelyn Vitória Modrock por não aceitar o fim do relacionamento com a mãe dela. Segundo as investigações, o casal estava separado havia 5 meses e compartilhava a guarda da menina.

Em depoimento prestado à polícia, Ubiratan confessou o crime e afirmou que matou a filha asfixiada com a própria camiseta por não suportar ver o sofrimento da menina com a separação dos pais. Ele foi preso em flagrante e teve a prisão preventiva decretada um dia após o crime, estando preso até hoje.

Durante o julgamento, prestaram depoimentos cinco testemunhas de acusação e uma de defesa. Além do MPSC, houve também a atuação da assistência da acusação. Logo após interrogatório, o réu solicitou, por meio do seu advogado, dispensa no transcorrer dos trabalhos. O pedido foi aceito pela juíza, já que o Código de Processo Penal permite que o acusado não participe do júri.

Leia mais notícias de Blumenau e região:

Blumenau vista do alto: A elegância do Teatro Carlos Gomes

Blumenau vista do alto: A grandeza da Vila Germânica

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com