InícioGeralCaso Jéssica e Théo: MPSC denuncia Kelber por duplo homicídio e apropriação...

Caso Jéssica e Théo: MPSC denuncia Kelber por duplo homicídio e apropriação indébita

O crime de homicídio cometido contra Jéssica Ballock e o filho Théo Pereira, teve denúncia apresentada pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) nesta sexta-feira (26). Caso a denúncia seja acatada pela Justiça, Kelber Pereira – acusado pelo crime – será formalmente réu em ação penal.

A denúncia, que foi apresentada pela 8ª Promotoria de Justiça da Comarca de Blumenau, relata que os dois homicídios são qualificados pois houve emprego de meio cruel e sem possibilidade de defesa e ainda, em relação ao crime cometido contra a companheira houve a imputação de feminicídio, já no caso de Théo foram apontadas as qualificadoras de motivo torpe e prática contra menor de 14 anos.

O documento também relata que além dos homicídios, o acusado teria praticado apropriação indébita uma vez que para empreender fuga utilizou um veículo de propriedade da empresa em que trabalhava.

Relembre o caso

Os corpos de Jéssica e Théo foram encontrados dentro do apartamento da família, localizado na Rua dos Caçadores, no bairro Velha, na manhã do dia 25 de julho. De acordo com a Polícia Civil, Kelber – companheiro de Jéssica e pai do bebê – não foi encontrado no local, bem com o filho mais velho do casal, de 1 ano e 10 meses.

Imediatamente identificado como principal suspeito do crime, Kelber passou a ser considerado foragido na manhã do dia 26 de julho, quando a 1ª Vara Criminal da Comarca de Blumenau expediu um mandado de prisão temporária contra ele. No mesmo dia, o filho mais velho do casal, que foi levado por ele na fuga, foi deixado na casa dos avós paternos, em Minas Gerais. A criança, inclusive, já está com os avós maternos.

Com o mandado expedido, policiais de Santa Catarina, São Paulo e Minas Gerais trabalharam nas buscas por Kelber. Ele acabou sendo encontrado em Paulínia, no interior de São Paulo. Conforme a polícia local, ele deixou o filho mais velho na casa dos pais e seguiu até a cidade de Bragança Paulista-SP e trocou de carro. Na sequência foi para Paulínia, onde foi preso.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com