InícioBrusqueBrusque tem quase 5 mil casos de dengue em 2022

Brusque tem quase 5 mil casos de dengue em 2022

Brusque divulgou um novo boletim sobre a situação da dengue na cidade. Segundo a Diretoria de Vigilância em Saúde foram registrados do início do ano até agora, 4.975 casos da doença. Neste momento, nenhuma pessoa está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e nenhum paciente faz tratamento em enfermaria hospitalar. Desde o início do ano, até o momento, foram registradas 11 mortes em decorrência da dengue.

• Clique aqui e faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp

Focos do mosquito

O número de focos foi atualizado nesta segunda-feira (29), são 1.190 focos. O bairro com maior número é o Dom Joaquim, com 95 notificações, seguido por Guarani com 83, Rio Branco, 80; Águas Claras, 73; Santa Rita, 68; Limeira, 67; Maluche, 66; Azambuja, 63; Nova Brasília, 57; Santa Terezinha, 57; Steffen 55; Centro I, 53. Completam as regiões com maior número de focos, São Luiz com 51 e Limoeiro 50 ocorrências de focos identificadas ao longo de 2022.

Bairros infestados

A partir destes números, os bairros brusquenses considerados infestados pela equipe técnica do Programa de Combate a Endemias são: Primeiro de Maio, Águas Claras, Azambuja, Jardim Maluche, Nova Brasília, Santa Rita, Santa Terezinha, São Luiz, São Pedro, Souza Cruz, Steffen, Bateas, Centro I, Dom Joaquim, Guarani, Limeira, Limoeiro e Rio Branco. O que determina quando uma localidade é considerada infestada é uma análise que considera critérios como a quantidade de focos e de casos.

Orientações

Número para denúncias

O número de telefone para denúncias, pelo WhatsApp é o (47) 9 88130095 ou ligação, pelo número da Ouvidoria Municipal no 156.

Leia mais notícias de Blumenau e região:

Repescagem do Auxílio Taxista será paga nesta terça-feira

Blumenau vista do alto: A grandeza da Vila Germânica

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com
Dengue: saiba como eliminar os criadouros do mosquito