InícioBlumenauMulher que matou marido esfaqueado em Blumenau é presa 47 dias após...

Mulher que matou marido esfaqueado em Blumenau é presa 47 dias após o crime

A mulher que matou o próprio marido esfaqueado em Blumenau foi presa pela Polícia Civil na tarde desta quinta-feira (2). O homicídio, praticado na noite de 16 e abril e descoberto somente na manhã seguinte, chocou a cidade pela crueldade da assassina, que foi flagrada pelas câmeras de segurança arrastando e chutando a vítima, já caída no chão após ser esfaqueada.

• Clique aqui e faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp

Jéssica foi presa na casa dos pais 47 dias após o assassinato. Segundo o delegado Ronnie Esteves, ela não resistiu à prisão e acompanhou os policiais. Ela foi conduzida ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou pelo exame de corpo de delito, e na sequência foi levada ao Presídio Regional de Blumenau.

Acusada e vítima. Fotos: Marcos Fernandes e Reprodução

Conforme o delegado, a conclusão do inquérito dependia do laudo do Instituto Geral de Perícias (IGP) – que só foi entregue recentemente. Segundo ele, o legista esclareceu alguns pontos necessários, que conflitavam com o depoimento da suspeita. “Com o laudo, finalizamos o inquérito e reforçamos o pedido de prisão preventiva dela, que foi decretada ontem (1º)”.

O Portal Alexandre José esteve AO VIVO no IML e acompanhou a saída da suspeita rumo ao ao presídio. Questionada sobre o crime, ela ficou em silêncio. Confira abaixo:

O crime

Segundo o boletim de ocorrência, o casal se envolveu em uma discussão. Durante o desentendimento, a suspeita golpeou o homem, identificado como Rafael Fug, de 39 anos, com uma faca. O homem tentou fugir, mas ferido, caiu no chão – momento registrado pelas câmeras de segurança do prédio. As imagens mostram ainda a mulher chutando a vítima no chão e a arrastando de volta para o apartamento.

O vídeo também mostra a mulher limpando o chão ensanguentado e fugindo do local em uma moto minutos depois. O crime só foi descoberto na manhã seguinte, quando a mulher ligou para o advogado e comunicou as autoridades. O corpo da vítima então foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para perícia, enquanto as investigações tiveram início.

A suspeita só se apresentou na delegacia quatro dias após o crime, na tarde do dia 20 de abril – após o período que caracteriza flagrante. Em conversa com o delegado Ronnie Esteves, ela disse que estava sendo agredida pela vítima e que agiu em legítima defesa. Na sequência foi liberada, e permaneceu em liberdade até esta quinta-feira (2), quando foi presa.

Confira mais detalhes sobre a prisão: Mulher que matou marido esfaqueado em Blumenau é presa

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com