InícioPolíciaIdoso morto em asilo sofreu asfixia por pó químico de extintor, diz...

Idoso morto em asilo sofreu asfixia por pó químico de extintor, diz Polícia Civil

A Polícia Civil divulgou novas informações sobre a morte de um idoso de 73 anos em um asilo de Blumenau. A ocorrência foi registrada na manhã desta sexta-feira (3) em uma casa de repouso localizada no bairro Ponta Aguda.

• Clique aqui e faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp

Segundo as primeiras informações, fornecidas pela Polícia Militar ainda no local da ocorrência, o idoso morreu após ser agredido com um extintor de incêndio. A vítima, que era cega, teria sido encontrada com um ferimento na cabeça e com o corpo coberto com pó químico do extintor.

O suspeito do crime, um idoso de 64 anos, que também era paciente do local, foi detido pelos policiais militares e conduzido à Central de Polícia pelo crime de homicídio. Segundo as primeiras informações, ele teve um surto psicótico e agrediu funcionários e outros pacientes do asilo, vindo a matar a vítima.

Nova versão

Informações repassadas pelo Instituto Médico Legal (IML) e divulgada pela Polícia Civil, porém, dão conta que a vítima morreu por asfixia causada pelo pó químico expelido pelo extintor de incêndio, que foi usado pelo suspeito para agredir funcionários da casa asilar. Ou seja, o idoso não teria sido agredido com o equipamento.

“Outras testemunhas serão ouvidas para verificar se a morte foi causada de forma dolosa ou culposa pelo suspeito, uma vez que este teria atacado outros pacientes e funcionários da casa de repouso”, informou o delegado Bruno Effori, que está a frente das investigações.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com