InícioBlumenauCaso Daiana: homem que matou ex-namorada em Blumenau é condenado

Caso Daiana: homem que matou ex-namorada em Blumenau é condenado

Aconteceu nesta quarta-feira (15) o júri popular responsável pelo julgamento de Neylor Eduardo de Siqueira Dias, acusado de assassinar a modelo e cabeleireira Daiana dos Santos da Silva em Blumenau. O crime que chocou a cidade aconteceu em 2020.

A sentença foi de 21 anos de reclusão, em regime inicial fechado. Neylor foi condenado pelos crimes de homicídio qualificado por motivo fútil, meio cruel, uso de recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio.

Clique aqui e faça parte dos nosso grupo de notícias no WhatsApp

O crime

Daiana tinha 27 anos quando foi morta na manhã de 26 de novembro de 2020 pelo ex-namorado. Ele deferiu 13 facadas em seu tórax e pescoço no estacionamento de um salão de beleza localizado na Rua Tocantins, na região central de Blumenau. A vítima estava chegando para trabalhar quando o suspeito invadiu o local e a atacou.

Foto: Arquivo pessoal

O Corpo de Bombeiros e o Samu chegaram a ser acionados, mas a mulher já estava sem vida. Segundo a proprietária do salão, Daiana trabalhava há cerca de dois meses no espaço. A Polícia Militar também foi chamada e o suspeito de cometer o crime foi preso minutos depois, no bairro Tribess, região norte de Blumenau.

Os familiares da vítima afirmavam que Neylor não aceitava o fim do relacionamento e teria tentado reatar o namoro armado com uma faca. Daiana recusou voltar e foi atacada por ele com golpes na região do peito.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com