InícioEmerson LuisEsporte: O preço de cada paixão. Por Emerson Luis

Esporte: O preço de cada paixão. Por Emerson Luis

Não conheço um produto que não tenha aumentado de preço.

Tudo sofreu reajuste.

No futebol não foi diferente.

Jogo-treino entre BEC e Jaraguá acabou com vitória tricolor por 6 x 1. Foto: Richard Ferrari

O Blumenau Esporte Clube divulgou no começo da semana o valor do ingresso para a estreia na Série B.

Que será neste sábado (28), às 15h30, em Indaial, diante do Atlético Tubarão.   

R$ 40 – Inteira.  

R$ 20 – Meia-entrada.  

Equipes abrem a Série B neste sábado. Arte: Reprodução/BEC

O berreiro foi grande.  

Tanto é que a diretoria decidiu reduzir o valor conforme nota.

R$ 30 – Inteira.

R$ 15 – Meia-entrada (idosos, estudantes, pessoas com deficiência e jovens de baixa renda, com idade entre 15 e 29 anos). 

Os ânimos se apaziguaram.

Cada pessoa tem um conceito diferente. Arte: Reprodução/Internet

O conceito de custo/benefício é bastante relativo.

O que é justo para alguns, pode não ser bom para outros.

O salário que se ganha mensalmente (a mesada ou a herança) pode ser uma base para classificar o que é barato ou caro.

A maneira que você gasta sua grana, o prazer e a satisfação que isso lhe proporciona, ou não, também pode ser um definidor.  

Muitas vezes o barato sai caro.

Metropolitano vai mandar seus jogos em Ibirama. Foto: CA Metropolitano

Por enquanto, o Metropolitano confirma para a estreia em Ibirama, contra o Nação de Joinville, no outro sábado (4), os seguintes valores:

Cadeira inteira: R$ 40.

Meia: R$ 20.

Arquibancada coberta: R$ 20.

Meia: R$ 10.

Time terá apoio no sul do estado. Arte: Reprodução/Torcida Raça Jovem

O time joga domingo (29) contra o Caravaggio.

Em Nova Veneza.

A Torcida Raça Jovem está promovendo uma caravana para o sul do estado.

R$ 140.

Já incluído o acesso ao estádio.

Pode ser pago em duas vezes.

350 km.

Bate e volta.

É chão.

É empenho.

Tem de valorizar.

Oktoberfest volta a acontecer após dois anos. Foto: Reprodução/Internet

Faço aqui comparativos com algumas atrações.

Para saber se de fato, o que vem sendo praticado para assistir um jogo de futebol, na segundona estadual, pelo que oferece e entrega, está fora ou dentro da realidade que vivemos.

Oktoberfest.

Nas segundas-feiras, no primeiro e no último dia da festa, a entrada é de graça.

Domingos, terças, quartas e quintas-feiras: R$ 20.

Sextas: R$ 44.

Sábados: R$ 56.

Os reajustes chegam a 25%.

Oktoberfest será de 5 a 23 de outubro. Foto: Reprodução/Internet

Gosto da festa.

De frequentar quando não trabalho no dia seguinte.

Sobra então sexta (uma vez por mês) ou sábado.

Mulher, duas crianças (sempre tem parquinho), bebida, comida, estacionamento…

Passo.

Banda paulista fará show no Carlos Gomes. Arte: Reprodução/Internet

Os Titãs vão estar em Blumenau novamente.

No Teatro Carlos Gomes.

5 de junho.

Branco Mello, Sergio Britto e Tony Bellotto.

Agora acompanhados por Beto Lee na guitarra e Mário Fabre na bateria.  

Tenho um amigo que é fanzoca da banda.

Já comprou o ingresso dele e da mulher.

R$ 120 + R$ 18 de taxa.

R$ 276 no total.

No mezanino.

Por ordem de chegada para pegar o melhor lugar.

Nas primeiras fileiras o valor salta para R$ 230 + R$ 34,50 de taxas – aqui não se aplica meia-entrada.  

Titãs estarão em Blumenau no próximo dia 5. Foto: Reprodução/Internet

Curto o som dos caras.

Já vi shows em Blu e em Timbó quando Paulo Miklos ainda fazia parte da turma.

Não me animei desta vez.

Mas tenho certeza que será uma noite incrível para meu camarada e sua esposa.

Um momento onde o valor suplanta o preço.

Trio se apresentará na Vila Germânica. Arte: Reprodução/Internet

Leonardo & Bruno e Marrone trazem o espetáculo Cabaré para a Vila Germânica em agosto.

Admiro eles, sobretudo a dupla.

O acústico lançado em 2001 é das melhores coisas já produzidas no gênero.

Porém, a entrada inteira (que é o meu caso) mais em conta é R$ 179,20.

No setor VIP – imagina se não fosse – lá no fundão, a 300 metros do palco.

Tenho um colega que joga na patota do futebol que rachou uma mesa com outros dois casais.

Mesa bistrô (sem nenhuma bebida incluída).

Próximo do palco.

Vai desembolsar R$ 375.

Achou barato, inclusive.

A tal relatividade financeira que citei.

Guns se apresentam em São José em setembro. Foto: Reprodução/Internet

O Guns N’ Roses estarão no Brasil pela 10ª vez.

Com Axl Rose, Slash e Duff McKagan se apresenta em setembro, em São José.

Ingresso mais barato, a partir de R$ 480.

Que pode ser dividido em 12 vezes.

Na pista.

O camarote já está esgotado.

Meu mano, que é muito mais vidrado nos americanos do que eu (tenho preferência pelas baladas), vai estar lá no Hard Rock Live.

Para ele é um momento único, histórico.

Que talvez não tenha mais oportunidade de ver na vida.

E isso é impagável.

Ídolos tricolores estarão em Timbó. Arte: Reprodução/FluTimbó

Voltando ao futebol e à última referência.

A FluTimbó está trazendo para a região, em julho, três ídolos tricolores.

Por R$ 70.

Com direito a almoço.

Muito em conta.

Minha presença já está confirmada.

A vinda do Parreira especialmente, o que ele representa para o clube, para a seleção no tetra de 94, me motivaram.

Jogo do Blumenau na série C de 2021 em Indaial. Foto: Reprodução/BEC

O futebol anda caro demais.

Sobretudo para os clubes.

Só com taxas na CBF e na FCF para a regularização de atletas, não se gasta menos de R$ 30 mil.

Sem contar que para colocar o time em campo é preciso pagar arbitragem, que fica próximo de R$ 5 mil.

Para a estreia do Blumenau houve um abatimento de 50% por causa dos direitos de imagem, já que os jogos serão transmitidos ao vivo.

Fora o que está especificado em um boletim financeiro como esse, de um jogo do Metropolitano na Série A do ano passado, contra o Avaí, em Ibirama.

Tem também de contratar ambulância, segurança privada, polícia militar, gandulas, maqueiros, água, suprimentos, jantar dos atletas, deslocamento, coffee break – até isso, para agradar as “autoridades”.

Por baixo, sendo otimista, mais de R$ 10 mil.

Dependendo da presença do público, o time paga para jogar.

Jogo da seleção brasileira. Foto: Reprodução/Internet

Cada evento tem seu peso.

Motivacional e financeiro.

No fim, ao sair de casa, queremos nos divertir, gritar, cantar, vibrar, nos emocionar, comemorar, desestressar, chutar o balde…

Mas tudo tem um preço.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com