InícioBlumenauBlumenau fará mutirão de inserção de DIU durante o mês de maio;...

Blumenau fará mutirão de inserção de DIU durante o mês de maio; saiba mais

A partir deste sábado (7), o Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (Caism) inicia um mutirão para a inserção de Dispositivo Intrauterino (DIU), contraceptivo oferecido gratuitamente pela Secretaria de Saúde. A expectativa é que sejam feitos 100 procedimentos nos quatro sábados do mês de maio.

• Clique aqui e faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp

As pacientes beneficiadas pelo mutirão tiveram atendimento agendado para o Caism por meio do Sistema de Regulação (SISREG). Após a inserção do DIU, elas também serão acompanhadas durante cerca de 30 e 45 dias após o procedimento, pela equipe multidisciplinar que faz atendimento no espaço.

As mulheres que tiverem interesse em aderir a este método contraceptivo podem buscar o posto de saúde (ESF) ou o Ambulatório Geral em que possuem atendimento referenciado. No local, as primeiras orientações serão repassadas pelas equipes da Atenção Básica e posteriormente serão encaminhadas ao serviço da Atenção Especializada por meio do Sistema de Regulação.

Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher

A estrutura do Caism existe desde 2012. Atualmente conta com 18 profissionais entre enfermeiras, técnicas de enfermagem, ginecologista especialista em ultrassom, ginecologista geral, psicóloga, cirurgiões e mastologistas.

A unidade está localizada Rua República Argentina, nº 2.077, bairro Ponta Aguda (Anexo ao AGF Heinz Schrader). O telefone do Centro é o 3381-7821. E o horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h – sem fechar para o almoço.

Métodos contraceptivos

O Dispositivo Intrauterino (DIU) de cobre é um método contraceptivo não-hormonal ofertado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) que pode ser utilizado por até 10 anos. O DIU é indicado para a maioria das mulheres e por ser um dispositivo de fácil colocação em consultório médico facilita o acesso das usuárias ao método.

Por não ser um procedimento cirúrgico reduz os riscos de infecções pós–operatórios, riscos na anestesia, ganho de peso e diminuição da libido como no caso da laqueadura que também é ofertada pelo SUS no município.

Outros métodos contraceptivos disponíveis pelo SUS são os injetáveis (mensal e trimestral), pílula e mini-pilula e para ter acesso basta a usuária procurar sua unidade de saúde onde será avaliada pelo médico ou enfermeiro da equipe.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com