InícioPomerodeAlém da Osterfest: o que fazer em Pomerode?

Além da Osterfest: o que fazer em Pomerode?

No dia 17 de fevereiro começou a 14ª edição da Osterfest, na cidade mais alemã do Brasil. Depois de dois anos sem acontecer a festa de Páscoa resgata os costumes dos imigrantes que povoaram a região no Centro Cultural da cidade. 

Lá é possível ver dois recordistas mundiais, o maior ovo decorado do mundo, com 15 metros de altura e também a maior árvore de Páscoa, com mais de 100 mil casquinhas naturais pintadas uma a uma. O evento segue até o dia 17 de abril.

• Clique aqui e participe do nosso grupo de notícias no Whatsapp

Mas, além das atrações da Osterfest, a cidade de Pomerode tem vários outros lugares que merecem uma visita. Nós separamos 4 paradas:

1- Zoológico 

O zoológico Pomerode é o maior de Santa Catarina. Além de trabalhar pela conservação das espécies, o zoo desenvolve um programa de educação ambiental desde 2002, sendo considerado um dos 10 melhores zoológicos da América do Sul.

Tanto as crianças quanto os adultos vão se encantar com as espécies que são cuidadas no local.

2 – Museu do Automóvel

Se você gosta de viajar pelo tempo, você precisa visitar o Museu do Automóvel.

Lá você vai encontrar uma exposição com carros clássicos das décadas de 40, 50 e 60. Os veículos parecem novos.

O local conta ainda com modelo no qual você pode entrar e fazer fotos e, na saída, uma lojinha com várias opções de presentes e lembrancinhas.

3 – Morro Azul

Foto: Reprodução/Avip

Situado a 15 quilômetros do centro da cidade, Morro Azul tem pouco mais de 750 metros de altura, com estradas de terra que levam os visitantes até o seu topo.

O percurso é ideal para aqueles turistas que gostam de se aventurar em meio a belas paisagens naturais.É o local de decolagem para os parapentes que sobrevoam Pomerode.

Ao final do percurso, você encontrará paisagens exuberantes, tais como grandes matas, riachos de águas cristalinas, casas em estruturas enxaimel, e uma visão panorâmica de toda a região.

4. Museu Pomerano

O Museu Pomerano revela fragmentos dos mais variados tipos e tamanhos que, em conjunto, se encaixam na tentativa de reconstruir parte da história do município a partir da chegada dos imigrantes europeus, no século XIX. São peças de couro, tecido, madeira, vidro, metal ou porcelana, sendo a maior parte do acervo adquirida do colecionador Egon Tiedt, que desde 1982 mostra os objetos em um museu particular.

Foto: Reprodução/ Avip

Leia mais:

Mais de 40 mil pessoas já passaram pela Osterfest de Pomerode

Vídeo: árvore decorada é símbolo da Páscoa em Pomerode  

Web Stories: saiba quatro fatos sobre a Osterbaum

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com