InícioEmerson LuisEsporte: a humilhação só aumenta, por Emerson Luis

Esporte: a humilhação só aumenta, por Emerson Luis

Balneário Camboriú inaugurou oficialmente seu estádio municipal para jogos de futebol profissional da Série A catarinense.

Foi na última quarta-feira (23).

Na partida, Camboriú 2 x 1 Marcílio Dias.

Válida pela 8ª rodada.

Camboriú e Marcílio Dias em ação no novo gramado. Foto: Tiago Winter/CFC

Assisti o jogo e as mudanças realizadas.

Atmosfera bacana.

O que mais gostei foi da galera na geral.

Estava lotada.

Público total de 2.329 pessoas – a capacidade é de 4.200 lugares.

Geral recebeu grande público na última quarta-feira. Foto: Emerson Luis

O campo que fica no bairro das Nações foi reformado.

A grama foi toda trocada.

Todo o gramado foi trocado. Foto: Reprodução/Internet

Um moderno sistema de irrigação foi implantado.

Bem como novos refletores de led instalados nas torres de iluminação.

Sistema de irrigação sendo testado. Foto: Jota Éder/Rádio Som Maior

Também foram construídas cabines móveis em contêineres para Imprensa e arbitragem.

Vestiários passaram por melhorias.

Cabines para a Imprensa no Estádio das Nações. Foto: Jota Éder/Rádio Som Maior

Investimento da prefeitura de R$ 1 milhão.

Que será tirado em pouco tempo.

Com as locações.

Separação das torcidas na arquibancada. Foto: Reprodução/Internet

O maior entrave tem sido a substituição do gramado e de todo o aparato que está associado às mudanças.

Não custa menos de R$ 500 mil.

Isso tem arrebentado com os clubes.

O Metropolitano até hoje está pagando o investimento feito na Baixada.  

Metropolitano e Marcílio Dias em Ibirama no estadual de 2021. Foto: Bruno Golembiewski

O Camboriú até então vinha jogando no Augusto Bauer.

Brusque fica perto, cerca de 40 km.

Mesmo assim, a logística é complicada para o torcedor.

O que dizer então do Próspera.

O representante de Criciúma já rodou por Joinville, Jaraguá do Sul, Florianópolis e Tubarão.

O Barra, de Balneário Camboriú, fez um acerto com o Marcílio Dias para mandar todos os seus jogos em Itajaí.  

Equipes da FME também usam o estádio municipal de BC. Foto: Reprodução/Internet

Balneário Camboriú fez um golaço.

Mais um tapa na nossa prepotência.  

O que aumenta minha indignação já que um estádio como o do SESI segue “largado”.

À mercê das tratativas entre FIESC e Prefeitura.

O processo burocrático vai completar agora em março um ano de estudos, negociações e teorias.

Dizem ser questão de tempo.

Já passou do tempo.

Faz tempo. 

Cansou.

Estádio não recebe jogos de futebol profissional desde 2019. Foto: Reprodução/Internet

Bain-marie.

Strategi. 

Octobris. 

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com