InícioSaúdeProteção contra raios UV é essencial para que óculos de sol sejam...

Proteção contra raios UV é essencial para que óculos de sol sejam seguros

O verão é a estação mais esperada do ano. Época para aproveitar as férias com a família, curtir a praia, piscina, também para passear e descansar em lugares que dê para aproveitar tudo o que o clima oferece. Mas é preciso ter cuidado com a saúde dos olhos, pois é no verão que os raios solares UVA, UVB e UVC, prejudiciais à saúde ocular, ficam ainda mais intensos. O excesso de exposição dos olhos aos raios ultravioletas (UV) pode causar diversas doenças, como a catarata e até determinados tipos de câncer nos olhos.

Quer receber as notícias do Portal Alexandre José direto em seu celular, pelo WhatsApp? Então clique aqui e entre em nosso grupo. Informação em tempo real, onde quer que você esteja!

Para proteger os olhos da radiação, a orientação dos oftalmologistas é fazer sempre o uso de óculos escuros durante o dia, mesmo que o tempo esteja nublado. O presidente da Sociedade Catarinense de Oftalmologia, Ayrton Ramos, explica que os óculos são essenciais para cuidar da saúde dos olhos, principalmente para as pessoas que possuem sensibilidade à claridade do sol. Por isso, na hora de escolher este tipo de acessório, é importante optar por um de boa qualidade.

“Alguns modelos não possuem a proteção necessária contra os raios ultravioletas e podem causar ainda mais danos à visão. Por isso, evite comprar óculos de sol de origem duvidosa, como os falsificados”, ressalta. Segundo o oftalmologista, o olho possui mecanismos de defesa naturais contra a luminosidade, como a contração da pupila e o fechamento da pálpebra. As lentes escuras inibem tais mecanismos, de modo que, se elas não tiverem as qualificações necessárias para resguardar a visão, os raios solares irão atravessá-las e afetar o globo ocular de forma mais severa do que na ausência dos óculos de sol.

O uso de óculos de sol também diminui o risco de catarata e de outras doenças oculares. O oftalmologista explica que a degeneração macular ocorre quando a radiação causa a morte das células da mácula, situada na parte central da retina, responsável pela visão de detalhes. “O acúmulo de exposição aos raios UV podem causar ainda, o ressecamento da lágrima, que leva a ceratite e pterígio (ressecamento da conjuntiva – membrana que cobre a parte branca do globo ocular e a superfície interna das pálpebras)”.

Para proteger os olhos dos danos dos raios ultravioletas, o médico recomenda usar lentes de qualidade e que protejam entre 90% e 100% da radiação UV. Além de boné, chapéu ou viseira e evitar a exposição nos horários de pico da radiação – entre 10 e 16 horas. Para quem quer conhecer quais são as principais doenças dos olhos, sintomas e tratamentos – a Sociedade Catarinense de Oftalmologia produziu uma cartilha informativa – disponível online gratuitamente neste link (clique aqui).

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

    error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com