InícioSegurançaMais de um mês após morte em briga de bar, crime segue...

Mais de um mês após morte em briga de bar, crime segue sem solução

A Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Blumenau ainda não concluiu o inquérito que investiga a morte de Jeferson Daril da Silva em 27 de novembro de 2021, em Blumenau. O homem de 31 anos foi esfaqueado durante uma briga de bar, na Rua Oscar Dickmann, na Itoupavazinha. O principal suspeito se apresentou na delegacia três dias depois, mas não foi preso e continua em liberdade.

De acordo com o delegado Rodrigo Raitez, que substitui o delegado Ronnie Esteves que está em férias, as investigações estão na fase final. Testemunhas foram ouvidas e até um vídeo que mostra o momento da agressão foi entregue pela família à polícia. “Aguardamos apenas a elaboração do laudo pericial de local de crime”, declarou Raitez à equipe de jornalismo do Portal Alexandre José.

Imagens: Marcos Fernandes / Portal Alexandre José

Quer receber as notícias do Portal Alexandre José direto em seu celular, pelo WhatsApp? Então clique aqui e entre em nosso grupo. Informação em tempo real, onde quer que você esteja!

Enquanto isso, familiares da vítima seguem à espera de respostas. O principal questionamento dos pais e dos irmãos de Jeferson é por quê o suspeito não está preso. Não houve flagrante, ele fugiu logo após o crime e não foi encontrado pela Polícia Militar naquela noite. Questionado sobre a possibilidade de pedir a prisão preventiva, Raitez informou que isso “ainda será melhor analisado ao final de todas as diligências e com o encerramento do inquérito policial”.

Em conversa com a equipe do Portal Alexandre José, a irmã de Jeferson, Jusara da Silva Cristovão, desabafou. “Faltam palavras para expressar o que estamos sentindo, principalmente meus pais. É uma sensação de impunidade. Ele (suspeito) fez o que fez e está solto. Se olhar as redes sociais, você vai ver que ele leva uma vida normal, como se nada tivesse acontecido, enquanto a minha família está sofrendo muito. A gente quer justiça, a gente quer ele preso”, finalizou.  

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

    error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com