InícioSaúdeCovid-19: cinco mortes e mais de 1.400 novos casos são registrados em...

Covid-19: cinco mortes e mais de 1.400 novos casos são registrados em Blumenau

A semana iniciou com cinco novas mortes para o coronavírus em Blumenau. Uma das vítimas, um homem de 64 anos, estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde 4 de janeiro e faleceu no último sábado (29). Outras duas, uma mulher de 61 anos e um senhor de 97 anos, morreram no domingo (30). Nesta segunda-feira (31) as vítimas foram duas senhoras, uma de 89 e outra de 63 anos. Ambas já estavam internadas desde a última semana. No total já são 711 pessoas que perderam a vida para a doença na cidade.

Quer receber as notícias do Portal Alexandre José direto em seu celular, pelo WhatsApp? Então clique aqui e entre em nosso grupo. Informação em tempo real, onde quer que você esteja!

Quanto aos casos positivos, nas últimas 24 horas foram registrados 1.408 novas infecções entre os 2.347 exames processados. Entre os casos ativos em Blumenau, 7.135 pacientes estão em tratamento. Destes, 7.100 são considerados pela Secretaria da Saúde com estado de saúde estável, seguindo em isolamento domiciliar.

A cidade também conta com 45 pacientes hospitalizados, sendo 12 em UTI e 33 em enfermaria. Na UTI, oito pacientes são de Blumenau e quatro da região. A taxa de ocupação dos leitos é de 18,2% em relação a capacidade atual de ocupação, com 66 leitos ativos. Já em enfermaria são 27 blumenauenses e seis de outras cidades, com taxa de ocupação de 18,6%. Considerados recuperados e sem apresentar novos sintomas, Blumenau totaliza 90.531 pessoas.

Aplicação de vacina

Nas últimas 24 horas foram aplicadas 281 vacinas da primeira dose, sendo 196 doses pediátricas (277.122 vacinados até o momento), 113 da segunda dose ou dose única (266.688 imunizados até o momento), 680 da dose de reforço (76.691 imunizados até o momento).

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com