InícioSaúdeCovid-19: Blumenau reabre agendamento para vacinação de crianças

Covid-19: Blumenau reabre agendamento para vacinação de crianças

Blumenau reabre nesta terça-feira (18), às 14h, o agendamento da vacina contra a Covid-19 para crianças com idade entre 5 e 11 anos com comorbidades e deficiências permanentes. Também poderão agendar a vacina crianças de 11 anos, sem comorbidades. Serão disponibilizadas 420 vagas para aplicação entre quarta (19) e sexta-feira (21). A aplicação será feita no Centro de Pediatria da Policlínica Lindolf Bell, localizado na Rua Dois de Setembro, 1.212, no bairro Itoupava Norte.

O agendamento poderá ser feito pelo site da Prefeitura de Blumenau. Nesta terça, dia da reabertura de agenda, a solicitação da vacina também poderá ser feita pelo Alô Saúde, no telefone 156 (opção 2), das 17h às 20h. Conforme a agenda do primeiro dia for preenchida, vagas para o dia seguinte serão disponibilizadas. Assim como acontece desde o início da campanha de vacinação contra a Covid-19, será necessário informar o CPF da criança para fazer o agendamento. Os menores que ainda não tiverem o documento podem fazer a solicitação de forma on-line, no site da Receita Federal.

No dia da vacinação, as pessoas devem chegar com, no máximo, 15 minutos de antecedência.

Quer receber as notícias do Portal Alexandre José direto em seu celular, pelo WhatsApp? Então clique aqui e entre em nosso grupo. Informação em tempo real, onde quer que você esteja!

Documentação necessária

A Prefeitura está disponibilizando um modelo de declaração médica para que as crianças com comorbidades e deficiência permanente possam comprovar a condição preexistente e consigam receber a vacina contra o coronavírus. O documento deve ser preenchido e assinado pelo profissional médico atestando com exatidão a comorbidade ou deficiência permanente da criança. O documento deverá ser apresentado no momento da aplicação da vacina e ficará retido na central de vacinação.

Primeira dose para crianças entre 5 e 11 anos: a aplicação da primeira dose da vacina contra Covid-19 em crianças será feita na Policlínica Lindolf Bell, mediante agendamento. A criança deverá estar acompanhada do responsável legal (pai, mãe ou tutor legal mediante documento oficial) ou pessoa adulta com autorização assinada pelos responsáveis legais (conforme modelo disponível).

Deverá ser apresentada a carteira de vacinação e documento de identificação da criança. Ao final da aplicação da primeira dose, os pais e responsáveis serão orientados sobre o retorno para segunda dose que deverá ocorrer em oito semanas.

Confira a relação de deficiências permanentes e comorbidades, determinadas pelo Governo do Estado, por meio de nota técnica:

São considerados indivíduos com deficiência permanente aqueles que apresentem uma ou mais das seguintes limitações do ponto de vista físico, mental, intelectual ou sensorial:

a) Limitação motora que cause grande dificuldade ou incapacidade para andar ou subir escadas;
b) Indivíduos com grande dificuldade ou incapacidade de ouvir;
c) Indivíduos com grande dificuldade ou incapacidade de enxergar;
d) Indivíduos com alguma deficiência intelectual permanente que limite as suas atividades habituais, como trabalhar, ir à escola, brincar, etc.

Relação de comorbidades:

a) Diabetes mellitus e doenças metabólicas hereditárias (doença de Gaucher, mucopolissacaridoses e outras);
b) Doenças pulmonares crônicas (asma grave, fibrose cística, fibroses pulmonares, broncodisplasias);
c) Cardiopatias congênitas e adquiridas;
d) Doença hepática crônica;
e) Doença renal crônica;
f) Doenças neurológicas crônicas (paralisia cerebral, doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular; deficiência neurológica grave);
g) Imunossupressão congênita ou adquirida (incluindo HIV/Aids, câncer, transplantados de órgãos sólidos e medula óssea e pacientes em uso de terapia imunossupressora devido à doença crônica como doenças reumatológicas e doenças inflamatórias intestinais – Crohn e colite ulcerativa);
h) Hemoglobinopatias (anemia falciforme e talassemia maior);
i) Obesidade grave (IMC: escore z>+3);
j) Síndrome de down.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com