InícioSegurançaCaso João Philip: suspeito de mandar matar blumenauense é preso em Curitiba

Caso João Philip: suspeito de mandar matar blumenauense é preso em Curitiba

Um jovem de 19 anos foi preso na última sexta-feira (21) em Curitiba por suspeita de envolvimento no assassinato do blumenauense João Philip Gonçalves Nunes, de 23 anos. De acordo com a Polícia Civil, ele seria o mandante do crime, registrado em 5 de dezembro de 2021 no bairro Cidade Industrial, na capital paranaense.

Conforme os investigadores, seis pessoas estariam envolvidas no crime. Além do suposto mandante, a Polícia Civil já identificou outros dois suspeitos: a ex-mulher da vítima, de 27 anos, e o atual namorado dela, um rapaz de 22 anos. Os dois são investigados por homicídio qualificado e subtração de incapaz. No momento, eles estão foragidos. 

João Philip e a suspeita conviveram durante três anos e tiveram um filho, agora com 4 anos. Separados desde 2019, o casal iniciou uma disputa judicial pela guarda da criança. Já em 2021, a mulher pegou a criança para visitar, mas não a devolveu para o ex-marido. No dia 2 de dezembro, João viajou até Curitiba para buscar o filho, mas caiu em uma emboscada planejada pela ex-mulher e foi assassinado.

Quer receber as notícias do Portal Alexandre José direto em seu celular, pelo WhatsApp? Então clique aqui e entre em nosso grupo. Informação em tempo real, onde quer que você esteja!

O crime

Segundo a Polícia Civil, João Philip se dirigiu até o endereço fornecido pela ex-mulher. No local, foi surpreendido por quatro indivíduos encapuzados, que o espancaram até a morte. Após o crime, os homens jogaram o corpo de João no local em que foi localizado. Por volta das 16h, os pais da vítima foram informados sobre o encontro de um cadáver.

Após a morte de João, a mulher fugiu e levou com ela a criança de 4 anos. Ela teve sua prisão temporária decretada por homicídio qualificado e subtração de incapaz, mas segue foragida.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com