InícioTrânsitoCarreta com cilindros de gás tomba e interdita trecho da BR-470 no...

Carreta com cilindros de gás tomba e interdita trecho da BR-470 no Vale

Notícia atualizada às 07h25 do dia 26/01/22

Um caminhão carregado com cilindros de gás natural tombou às margens da BR-470 em Indaial, no Médio Vale do Itajaí, nesta terça-feira (25). O fato ocorreu no começo da tarde, por volta das 13h30min, deixando uma pista da rodovia – em direção ao Alto Vale – totalmente interditada. A rodovia só foi liberada à meia-noite.

De acordo com as primeiras informações dos bombeiros voluntários de Indaial, a área teve que ser interditada devido ao vazamento de gás. Ao menos dois dos cerca de 180 cilindros romperam com o impacto da batida. Os socorristas utilizaram técnicas de neutralização para remover o produto de forma segura.

O motorista do caminhão sofreu ferimentos de gravidade média e foi encaminhado ao Hospital Beatriz Ramos, em Indaial, para avaliação médica. A carreta ficou tombada, na altura do quilômetro 71, próximo a um dos acessos à Indaial. A situação só foi normalizada por volta da meia-noite – mais de dez horas após o acidente.

Atualização

Às 19h25, os bombeiros voluntários de Indaial informaram que o trânsito no local para quem segue em direção ao Alto Vale – a Rio do Sul por exemplo – está fluindo somente em uma via. Quem for no sentido contrário – de Indaial para Blumenau – deve entrar na Avenida Brasil, no bairro Nações, seguir até a Rua Itajaí, para depois voltar para a BR-470.

Conforme os bombeiros, aproximadamente 8 mil metros cúbicos da carga vazou devido ao acidente, e a rodovia ficou com interdição até a meia-noite (0h). Uma família que mora próxima ao local do acidente foi evacuada por recomendação do posto de comando devido ao risco de explosão. Também trabalharam na ocorrência a Policia Rodoviária Federal (PRF), Defesa Civil, SCGÁS e a empresa American Oil.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com