InícioGeralCarnês do IPTU 2022 de Gaspar serão distribuídos a partir do dia...

Carnês do IPTU 2022 de Gaspar serão distribuídos a partir do dia 24 de janeiro

A distribuição dos carnês do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) começa no dia 24 de janeiro em Gaspar. Também será disponibilizada a partir desta data a versão on-line para consulta e impressão no site da Prefeitura de Gaspar. As entregas serão feitas através do correios no endereço cadastrado pelo contribuinte como nos anos anteriores.

Quer receber as notícias do Portal Alexandre José direto em seu celular, pelo WhatsApp? Então clique aqui e entre em nosso grupo. Informação em tempo real, onde quer que você esteja!

O reajuste seguiu como base o Índice de Preços no Consumidor Amplo (IPCA), conforme o decreto municipal nº 10263/2021, acumulado dos últimos 12 meses. De acordo com o secretário da Fazenda e Gestão Administrativa, Jorge Pereira, o IPTU de Gaspar é fixado conforme a variação na inflação, ou seja, 10,74% do IPCA.

Dos pagamentos realizados em cota única serão repassados integralmente 5% do valor total para o Fundo Municipal de Saúde, que será utilizado para a manutenção do Hospital de Gaspar.

Isenção e descontos

Os contribuintes com o título de “bom pagador”, que realizaram o pagamento do IPTU 2021 em dia, de forma parcelada ou em cota única, terão 5% de desconto. Além disso, quem efetuar o pagamento do imposto em cota única, até o dia 10 de março, terá mais 5% de desconto. Ou seja, o desconto pode chega a 10%.

De acordo com a legislação municipal, têm direito a solicitar a isenção do IPTU aposentados e pensionistas. Para realizar a solicitação, o contribuinte deverá atender os seguintes critérios: possuir renda familiar de até dois salários mínimos; ser proprietário do imóvel, possuir área construída de 120 m²; área territorial de até 500 m² e possuir apenas um imóvel na cidade.

Também podem solicitar isenção do IPTU proprietários de imóveis com produção agrícola e agropecuária. Neste caso os documentos necessários para a solicitação da isenção são: IPTU de 2022, matrícula do imóvel; declaração do Imposto Territorial Rural (ITR) do ano anterior, comprovante de residência atualizado, nota de venda produtor (agrícola e pecuária), inventário de movimentação de gado e contrato de arredamento (quando não for proprietário do imóvel).

Para contribuintes que possuírem propriedades em áreas de Preservação Permanente (APP) e Mata Nativa, os descontos variam de acordo com a extensão do terreno, que podem chegar até 70%. Para tanto é necessário o IPTU do ano anterior, matricula do imóvel e saber o tamanho da área nativa.

Todos os documentos devem ser entregues no Atende Fácil, no prédio da Prefeitura, onde será disponibilizado um número de protocolo para o contribuinte acompanhar os pedidos de descontos e isenção de maneira remota.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

    error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com