InícioSegurançaCachorrinha morre após ser esfaqueada e agredida no bairro Vila Itoupava

Cachorrinha morre após ser esfaqueada e agredida no bairro Vila Itoupava

Uma cachorra morreu nesse domingo (30) três dias após ser esfaqueada e espancada em Blumenau. O crime, que chocou a comunidade, foi registrado na noite da última quinta-feira (27) no bairro Vila Itoupava. O crime será investigado. Não há, até o momento, informações sobre suspeitos.

Conforme relato do tutor da cachorra, Maico Aurélio de Jesus, Belinha levou sete facadas pelo corpo e teve sete costelas quebradas. Ela foi internada em uma clínica veterinária da cidade, mas não resistiu a uma parada cardiorrespiratória.

Quer receber as notícias do Portal Alexandre José direto em seu celular, pelo WhatsApp? Então clique aqui e entre em nosso grupo. Informação em tempo real, onde quer que você esteja!

“Moramos em uma rua tranquila, não esperava algo assim”, disse Maico. “Fui buscar minha esposa no trabalho, e quando voltamos encontramos ela ensanguentada, sem condições de caminhar. Levamos ela até uma clínica, onde realmente pude ver a situação dela”.

Segundo Maico, a veterinária que atendeu Belinha disse que ela havia levado golpes de facão. “A veterinária abriu o corte e na mesma hora afirmou se tratar de golpes de facão. Ela foi ferida no pescoço, na barriga e nas costas, totalizando sete facadas. Além disso, quebrou sete costelas devido aos chutes que levou”.

Por fim, o tutor de Belinha disse que a cachorra lutou durante o final de semana para sobreviver, mas não resistiu após sofrer uma parada cardiorrespiratória. “Tínhamos a Belinha há mais de cinco anos, estava conosco desde novinha. Não desejo mal a quem fez isso, mas espero que pague pelo que fez. Queremos justiça!”

Diante da situação, Maico registrou um boletim de ocorrência. O crime brutal será agora investigado pela Polícia Civil.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com