InícioEmerson LuisEsporte: Ação e reação, por Emerson Luis

Esporte: Ação e reação, por Emerson Luis

Se tem uma coisa que aprendi nos meus 31 anos de comunicação e 50 de vida é que o ser humano adora desgraça e fofoca.

Independentemente do conteúdo ou do propósito, sempre vão existir duas versões.

Não dá para entrar na pilha e sair publicando o que aparece de uma hora para outra.

Ainda mais com a vigília de “especialistas” nas redes sociais.

Tempo e disposição não faltam para atear fogo no circo.

Nos grupos de WhatsApp sempre existe um amigo da onça.

Qualquer pisada na bola ou discurso polêmico podem custar caro.

E causar um estrago.

Ligação de jogadores do BEC para o presidente após conquista da Série C. Foto: Reprodução/Internet

Liderar pessoas é complicado.

Conviver, se relacionar, produzir afinidades é ainda mais difícil.

Especialmente quando existem pré-conceitos estabelecidos.

Animosidades afloram nos bastidores.

A hierarquia precisa existir em qualquer empresa.

Com respeito.

Com limites.

Se doar, retribuir o que lhe é oferecido, é no mínimo, sensato.

Ao mesmo tempo, promessas feitas precisam ser cumpridas.

A paixão não pode gritar mais alto do que a razão.

Há diferentes maneiras de se cobrar alguém.

Ou julgar.

Nem todo mundo é santo.

E até que se prove o contrário, nem todo mundo é corrupto.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

    error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com