InícioSaúdeCovid-19: SC começa a distribuir doses de reforço para trabalhadores da Saúde

Covid-19: SC começa a distribuir doses de reforço para trabalhadores da Saúde

Santa Catarina inicia nesta quarta-feira (6) mais uma etapa da Campanha de Vacinação contra a Covid-19, com o envio da primeira remessa de vacinas para aplicação da dose de reforço nos trabalhadores da saúde. A aplicação da dose de reforço nestes profissionais foi autorizada pelo Ministério da Saúde considerando a possibilidade de amplificação da resposta imune e adequação do esquema vacinal devido a maior exposição deste grupo à doença e, consequentemente, maior risco de adoecimento, absenteísmo e complicações.

Ao todo, serão distribuídas 85.314 doses da vacina Pfizer a todos as cidades catarinenses. Diretor da DIVE/SC, João Augusto Brancher Fuck explica que a aplicação da dose de reforço nos profissionais da saúde seguirá os mesmos critérios da vacinação de reforço dos idosos.

“A dose só será aplicada naqueles que tenham completado o esquema vacinal inicial com as duas doses ou a dose única da vacina há pelo menos seis meses e a vacina utilizada será, preferencialmente, a Pfizer. Serão vacinados com a dose de reforço todos aqueles trabalhadores da saúde que atuam em estabelecimentos de assistência, vigilância à saúde, regulação e gestão à saúde; ou seja, que atuam em estabelecimentos de serviços de saúde, a exemplo de hospitais, clínicas, ambulatórios, unidades básicas de saúde, laboratórios, farmácias, drogarias e outros locais.”, esclarece o diretor.

Mais doses distribuídas

O Ministério da Saúde também autorizou a ampliação da aplicação da dose de reforço nos idosos. Agora, idosos com 60 anos ou mais também podem receber a dose extra do imunizante Pfizer, preferencialmente. No entanto, a pasta ainda não enviou doses extras ao estado para a vacinação deste público. Sendo assim, a recomendação é para que a dose só seja aplicada neste público caso as Secretarias Municipais de Saúde tenham doses armazenadas. 

Sobre a vacinação dos adolescentes sem comorbidades, o Ministério da Saúde informou que irá enviar novos lotes de vacina para este público assim que for concluída a etapa de vacinação de reforço dos idosos e trabalhadores de saúde. A Secretaria de Estado da Saúde aguarda o envio dessas doses pelo MS para que as cidades concluam a vacinação dos jovens de 12 a 17 anos.

Quer receber as notícias do Portal Alexandre José direto em seu celular, pelo WhatsApp? Então clique aqui e entre em nosso grupo. Informação em tempo real, onde quer que você esteja!

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

    error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com