InícioTrânsitoTrânsito: como gerar e baixar o licenciamento digital do veículo? Por Marcia...

Trânsito: como gerar e baixar o licenciamento digital do veículo? Por Marcia Pontes

Entra no site do Detran/SC com login e senha, paga os débitos do veículo e espera até 72 horas para receber o licenciamento digital por e-mail ou nos aplicativos de trânsito. Simples assim, mas como muitas pessoas ainda não sabem como fazer e outras se atrapalham, a coluna vai explicar o passo a passo para facilitar a sua vida. Ah, detalhe: tanto para quem já possui a CNH digital quanto para quem ainda não tem.

O CRLV Digital é a versão eletrônica do documento de licenciamento do seu veículo e pode ser gerado pelo próprio proprietário pelo aplicativo CNH Digital (ou CDT na loja de aplicativos do celular) ou mesmo pelo site do Detran/SC por meio de login e senha.

O aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT) reúne os dois documentos de porte obrigatório: CNH e CRLV, além de informar as infrações autuadas, requerer os boletos com desconto para pagar, acompanhamento do processo administrativo referente a cada defesa de infração, dentre outros.

Lembrando que a versão eletrônica do CRLV traz todas as informações do documento impresso e tem a mesma validade jurídica do CRLV de papel. Para ter acesso à versão digital, o proprietário deve fazer o download gratuito do aplicativo CDT (Carteira Digital de Trânsito), disponível no Google Play e App Store, preenchendo os dados do usuário, Renavam e o código de segurança impresso no documento físico. O código de segurança tem 11 dígitos e fica no canto superior direito do documento.

Gerando o documento digital

O CRLV digital é gerado para pessoas físicas saldando todos os débitos do veículo, incluindo taxas e multas que já geraram débitos. Isso pode ser feito pelo site do Detran informando o número de placa e renavam. Assim que abrir a tela com informações do veículo existem links azuis para cada pagamento. Clicando neles pode-se pagar pelo aplicativo do banco ou com placa e renavam nos caixas de autoatendimento do Banco do Brasil.

Não são só os débito$ do veículo que devem estar em dia, mas também a documentação. Assim que as taxas forem pagas não precisa fazer mais nada: é só esperar que os aplicativos atualizem. O Detran também informa e envia por e-mail quando o documento ficou pronto para baixar.

Acessando sem internet

Quem baixou o aplicativo Carteira Digital de Trânsito consegue acesso a todos os documentos e informações mesmo sem internet. Basta digitam a senha de quatro dígitos criada no momento em que a pessoa se cadastrou. Feito isso, se no momento da abordagem pela fiscalização de trânsito os agentes tiverem acesso ao sistema a apresentação digital do documento vale como se fosse o documento impresso.

Quem quiser pode imprimir o CRLV digital que vem em arquivo PDF para garantir caso o sistema tenha caído no momento da abordagem. Os agentes também utilizam o aplicativo VIO, que qualquer um pode baixar, para fazer a leitura do QR code do CRLV e outros documentos digitais de trânsito que o contenham.

E se eu emprestar o veículo?

Caso o proprietário empreste o veículo a um terceiro ele pode compartilhar o CRLV digital com até cinco pessoas que também tenham o aplicativo CNH Digital. O proprietário compartilha e aquele que está emprestando o veículo aceita o compartilhamento pelo aplicativo. É possível ter mais de um CRLV eletrônico armazenado no mesmo Smartphone.

Está aí um recurso que facilitar e muito a vida dos proprietários e condutores de veículos e você não paga nada a mais por isso. É só baixar o aplicativo e seguir o passo a passo que dá tudo certo.

Texto escrito por MÁRCIA PONTES

Márcia Pontes é escritora, colunista e digital influencer no segmento de formação de condutores, com três livros publicados. Graduada em Segurança no Trânsito pela Unisul, especialista em Direito de Trânsito pela Escola Superior Verbo Jurídico, especialista em Planejamento e Gestão do Trânsito pela Unicesumar. Consultora em projetos de segurança no trânsito e professora de condutas preventivas no trânsito. Vencedora do Prêmio Denatran 2013 na categoria Cidadania e vencedora do Prêmio Fenabrave 2016 em duas categorias.

Quer receber as notícias do Portal Alexandre José direto em seu celular, pelo WhatsApp? Então clique aqui e entre em nosso grupo. Informação em tempo real, onde quer que você esteja!

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

    error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com