InícioGeralSC gera 20.305 empregos formais em agosto e mantém momento positivo

SC gera 20.305 empregos formais em agosto e mantém momento positivo

Com mais 20.305 postos de trabalho formais gerados em agosto, Santa Catarina mantém a condição de um dos melhores Estados na geração de empregos, com um saldo positivo de 158.946 postos formais em 2021, chegando a 234.660 no acumulado dos últimos 12 meses. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social nesta quarta-feira (29).

“Mesmo tendo apenas a décima maior população do Brasil, Santa Catarina é o terceiro estado em geração de empregos. Somos o único no Sul e no Sudeste a aumentar em mais de 10% o número de empregados formais nos últimos 12 meses”, observou o governador Carlos Moisés. Em agosto, todos os setores tiveram saldo positivo no Estado, com destaque para serviços (9.621) e indústria (6.141). Comércio, construção e agropecuária também contrataram mais do que demitiram, com saldos positivos de 2.982, 1.408 e 153, respectivamente.

Detalhamento dos últimos 12 meses

No período de 12 meses, entre setembro de 2020 e agosto de 2021, recorte que desconsidera a sazonalidade na geração de empregos, Santa Catarina também apresenta dados positivos. O saldo é de 234.660 postos, o terceiro melhor do Brasil, atrás apenas de São Paulo e Minas Gerais, que são os mais populosos do país. Nesse período, foram 1.380.142 contratações e 1.145.482 desligamentos em Santa Catarina.

Entre as admissões, 66.809 foram registradas como o primeiro emprego do trabalhador. Entre os desligamentos, 507.798 foram a pedido do próprio empregado, 426.822 dispensas sem justa causa, 168.033 términos de contratos por prazo determinado e o restante por outras razões, como dispensa por justa causa, aposentadoria, acordo entre empresa e trabalhador ou óbito.

Santa Catarina é o único estado do Brasil onde o número de demissões sem justa causa é menor do que os desligamentos a pedido do empregado. O Estado também tem o menor percentual de vínculos encerrados por morte do trabalhador. São 0,43% do total de desligamentos nos últimos 12 meses. Dos 295 municípios catarinenses, 283 apresentaram saldo positivo nos últimos 12 meses. Isso representa 95,9% dos municípios com mais contratações do que demissões, o maior percentual do Brasil.

Quer receber as notícias do Portal Alexandre José direto em seu celular, pelo WhatsApp? Então clique aqui e entre em nosso grupo. Informação em tempo real, onde quer que você esteja!

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

    error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com