InícioSegurançaJovem é assassinado durante confraternização entre amigos em Gaspar

Jovem é assassinado durante confraternização entre amigos em Gaspar

O que era para ser uma confraternização entre amigos terminou em uma tragédia, em Gaspar, no Vale do Itajaí. Durante a festa que organizou para pedir a namorada em noivado, Alison Jonathan de Sá, de 26 anos, foi baleado e morreu logo em seguida. O jovem morava e trabalhava em Blumenau.

Quer receber as notícias do Portal Alexandre José direto em seu celular, pelo WhatsApp? Então clique aqui e entre em nosso grupo. Informação em tempo real, onde quer que você esteja!

O corpo foi sepultado nesta segunda-feira (20) no Cemitério Número 01, na Itoupava Central, em Blumenau, mas o crime ocorreu no último sábado (18), por volta das 23h. A festa ocorria na Rua João Zabel, na região das cascatas, em Gaspar. Cerca de 15 pessoas – apenas as mais próximas da família – foram convidadas.

Tudo corria conforme o planejado. Havia bebida e música para os convidados quando, de repente, Alison caiu no chão. Os participantes não ouviram o barulho do disparo da arma devido ao som alto, suspeitaram que ele estava sofrendo uma convulsão pois tem bronquite, e levaram o jovem por meios próprios ao Hospital Santo Antônio.

Somente no hospital, a namorada e uma amiga que acompanhavam o paciente foram informadas que Alison havia sido vítima de um tiro. Os médicos constataram que havia uma perfuração na região do tórax, próximo ao braço direito. Um exame de raio-x indicou que os dois pulmões foram comprometidos.

De acordo com informações da Polícia Militar, que foi acionada pelo hospital, Alison já deu entrada sem sinais vitais. A equipe médica de plantão realizou diversos procedimentos de reanimação, sem sucesso. O corpo foi encaminhado para perícia. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil.

Família pede Justiça

A equipe de reportagem do Portal Alexandre José conversou com a mãe de Alison, Maria Sandra de Campos Gomes. Ela contou que o jovem trabalhava em uma sucata perto da casa da família, que mora na Rua 1º de Janeiro, no bairro Itoupava Norte, em Blumenau.

“Estamos sem entender o que aconteceu. Meu filho não tinha desentendimento com ninguém. Achamos até que ele pode ter sido assassinado por engano”, declarou a mãe. Nesta segunda-feira, às 17h, familiares e amigos farão uma manifestação pedindo por Justiça nas proximidades do Campo Real Madrid na Rua 1º de Janeiro.

Foto: Redes sociais
Jamille Cardoso
Jamille Cardoso é jornalista formada pela Univali (Itajaí-SC), com 15 anos de experiência na área. Atuou em assessoria de imprensa, programas de rádio, mas foi ao telejornalismo que dedicou mais tempo (12 anos no total), com passagens por emissoras afiliadas a Globo, Record e SBT. Blumenauense, mãe e repórter da Massa FM Blumenau.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

    error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com