InícioGeralCasal cria vaquinha após ter food-truck destruído por incêndio em Blumenau

Casal cria vaquinha após ter food-truck destruído por incêndio em Blumenau

Os donos de um food-truck destruído por um incêndio no dia 20 de agosto, em Blumenau, criaram uma vaquinha virtual para reerguer o empreendimento. Até o momento, cerca de 10% dos R$ 45 mil necessários para a compra de um novo trailer e equipamentos foram arrecadados.

Aberto no início do ano pelo casal Marcel e Nicole, o Sanduba Food-Truck atendia os clientes no estacionamento do Farol Lanches, em frente à Praça do Estudante, no bairro Vila Nova. O sonho, porém, acabou encontrando um grande obstáculo após o trailer ser destruído pelo incêndio, ainda sem causas conhecidas.

Trailer antes do incêndio. (Foto: Arquivo pessoal / Sanduba Food-Truck)

Diante da situação, o casal resolveu criar a vaquinha para angariar fundos e voltar e fazer o que mais gosta: levar boa gastronomia às ruas da cidade. Quem quiser ajudar pode acessar a vakinha e contribuir com o valor desejado (mínimo de R$ 25, conforme política do site) ou fazer doações de qualquer valor via Pix (CNPJ 40.787.612/0001-90).

“Trabalhamos há muito tempo com isso e com muito trabalho duro, carinho e dedicação conseguimos abrir nosso próprio negócio”, relatou o casal. “Pedimos a ajuda de vocês nessa hora difícil para que nosso sonho não acabe aqui”.

Atendimento via delivery

Mesmo sem um trailer, o Sanduba Food-Truck seguirá atendendo seus clientes – mas somente via delivery. Segundo Marcel, as refeições serão preparadas em uma cozinha disponibilizada por um dos proprietários do Kanova Lounge e Bar. Os interessados poderão fazer seus pedidos através do whatsapp do Sanduba (47 99994-1713) ou através do iFood.

Quer receber as notícias do Portal Alexandre José direto em seu celular, pelo WhatsApp? Então clique aqui e entre em nosso grupo. Informação em tempo real, onde quer que você esteja!

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

    error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com