InícioDecoraçãoArquitetura: o projeto do quarto do adolescente, por Val Araújo

Arquitetura: o projeto do quarto do adolescente, por Val Araújo

Para iniciar a execução do projeto é preciso ter em mente os itens básicos: cama, armário e o principal: um local para estudo/home office. O que pode incrementar esse espaço é complementar com elementos que ressaltam o gosto do adolescente, como por exemplo um canto para receber amigos com pufes. Incluir móveis práticos e funcionais é uma boa ideia para o jovem que tem uma rotina agitada. Por isso peças multiusos, como camas baixas com futons, apoio de cama que escondem uma escrivaninha, mobiliários com rodinhas, baús para guardar objetos, funcionam muito bem nessa situação.

A cor é um item importante que deve ser pensado para decorar o quarto. A preferência do jovem deve estar presente, mas se forem tons muito fortes pode tirar a tranquilidade do espaço. Por isso para quem gosta de colorido o bom é investir em uma base neutra (cinza, bege, branco e preto) e colocar estes tons coloridos e fortes (do gosto da dona) em itens de decoração que podem ser mais facilmente substituídos (almofadas, roupas de cama, objetos), dessa forma o quarto se torna mais versátil e menos cansativo.

O quarto pode ainda receber fotos em quadros ou grandes painéis, com imagens temáticas do mundo do adolescente. E se quiser algo mais alegre, use grafites, adesivos, painéis, papeis de parede, ares com pintura e quadros em apenas uma parede do ambiente. Bandas preferidas, ídolos do cinema, a descoberta de novos esportes e hobbies… é justamente na adolescência que a personalidade de cada jovem começa a se definir. Como não poderia ser diferente, todos esses elementos acabam sendo incorporados ao quarto.

Hoje em dia com toda a tecnologia nos rodeando e ainda mais com a chegada da pandemia e os novos hábitos (aula EAD, home office) é necessário definir pequenos espaços onde é possível utilizar o computador ou notebook, como uma mesa de trabalho, para que os estudos também sejam definidos em um local onde o adolescente possa encontrar bastante tranquilidade e inclinação para passar horas sem problema algum.

Deixando bastante espaço e oportunidade para que sejam adicionados detalhes de um ou outro universo, um bom exemplo é criar prateleiras onde podem ser colocados antigos brinquedos de forma mais sóbria, acrescentando elegância ao ambiente, mas outros detalhes como luminárias coloridas ou mais infantis podem trabalhar muito bem sobre uma escrivaninha pintada com uma cor neutra, que dê a base para os tons do quarto.

Na decoração de quartos de adolescentes é imprescindível deixar um bom espaço para a personalidade transparecer em cada detalhe, porém lidar com este requisito e ao mesmo tempo evitar a bagunça tão comum desta idade é uma tarefa difícil. Seja uma decoração essencialmente feminina ou principalmente masculina, sempre será necessário equilibrar as necessidades pessoais com o espaço disponível em cada situação. O segredo é incorporar essas necessidades e características de suas personalidade de forma que o quarto e a decoração, ou pelo menos uma parte dela, tenham a possibilidade de acompanhar o jovem em todas as suas fases

Saiba mais sobre arquitetura e construção em: www.valaraujo.com.br

Texto escrito por VAL ARAÚJO

Quer receber as notícias do Portal Alexandre José direto em seu celular, pelo WhatsApp? Então clique aqui e entre em nosso grupo. Informação em tempo real, onde quer que você esteja!



Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

    error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com