InícioTrânsitoDuplicação da BR-470: Conclusão dos trabalhos permanece prevista para 2022, garante Dnit

Duplicação da BR-470: Conclusão dos trabalhos permanece prevista para 2022, garante Dnit

Garantia de recursos para a finalização da duplicação da rodovia BR-470, agilidade nas obras de acesso aos municípios e recuperação dos trechos não duplicados. Estes foram os pleitos dos prefeitos ao diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), general Antônio Leite dos Santos Filho em reunião virtual realizada na tarde desta sexta-feira (11) com prefeitos, vereadores e entidades empresariais do Vale.

No encontro, os participantes manifestaram preocupação com o perigo de parada das obras por falta de recursos. No entanto, o diretor-geral do Departamento Nacional reforçou categoricamente que a previsão de conclusão é, e segue sendo, para 2022, e que todos os esforços estão sendo feitos para o andamento da obra, orçada em R$ 1,3 bilhão, do qual R$ 700 milhões já foram investidos. “A duplicação da BR-470 também é nossa prioridade” afirmou Santos Filho.

Atualmente, o Dnit e o Governo de Santa Catarina estão trabalhando na formação do convênio entre as instituições, em que o Estado aprovou o repasse de R$ 200 milhões. Deste valor, a previsão é que R$ 100 milhões sejam investidos nos trechos 1 e 2 e R$ 50 milhões em cada um dos trechos 3 e 4, porém isso ainda será confirmado pelo governo catarinense.

A obra contempla duplicação de 73,5 quilômetros, dos quais cerca de 50% já foram duplicados. Conforme o diretor-geral do Dnit, nos próximos dias vai iniciar a obra no trevo de acesso a Pomerode e o foco está no trecho 3.

Situação de cada lote:

Lote 1 (Navegantes-Ilhota): 18,6 quilômetros, dos quais 62% estão executados. Obra em andamento com 10 quilômetros liberados.

Lote 2 (Ilhota-Gaspar): O mais longo e o mais adiantado, com 26,3 quilômetros, dos quais 80% estão executados. Obra em andamento com 18 quilômetros duplicado.

Lote 3 (Gaspar-Blumenau): 12,9 quilômetros, dos quais 33% estão executados.

Lote 4 (Blumenau-Indaial): O mais atrasado, com 15,4 quilômetros e 32% executados.

Quer receber as notícias do Portal Alexandre José direto em seu celular, pelo WhatsApp? Então clique aqui e entre em nosso grupo. Informação em tempo real, onde quer que você esteja!

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com