InícioSaúdeCovid-19: Blumenau abrirá agendamento para vacinar pessoas com Down e transplantados

Covid-19: Blumenau abrirá agendamento para vacinar pessoas com Down e transplantados

Matéria atualizada às 17h13min

Blumenau abrirá nesta quarta-feira (5), às 17h, o agendamento para que trabalhadores da saúde, pessoas com síndrome de Down e transplantados possam receber a vacina contra a Covid-19. O agendamento deve ser feito no site bit.ly/VacinaBlumenau e também pelo Alô Saúde, no telefone 156 (opção 2) que terá atendimento até às 22h.

As vagas são para vacinação nesta quinta-feira (6), no Parque Vila Germânica, sendo 1,8 mil doses: 1,5 mil para trabalhadores da saúde, 245 doses para pessoas com síndrome de Down e 65 doses para transplantados. A expectativa da Prefeitura é complementar a vacinação destes públicos com a chegada de outras remessas do imunizante. Confira abaixo os detalhes:

Trabalhadores da saúde

Os trabalhadores de saúde precisam, na hora de receber a vacina, comprovar vínculo empregatício na rede pública ou privada, por meio de documento pessoal com foto, folha de pagamento ou carteira do conselho de classe. 

Considera-se trabalhadores da saúde a serem vacinados na campanha, os indivíduos que trabalham em estabelecimentos de assistência, vigilância à saúde, regulação e gestão à saúde; ou seja, que atuam em estabelecimentos de serviços de saúde, a exemplo de hospitais, clínicas, ambulatórios, unidades básicas de saúde, laboratórios, farmácias, drogarias e outros locais. Dentre eles, estão os profissionais de saúde que são representados em 14 categorias, conforme resolução n° 287, de 8 de outubro de 1998, do Conselho Nacional de Saúde (médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares), agentes comunitários de saúde, agentes de combate às endemias, profissionais da vigilância em saúde e os trabalhadores de apoio (exemplos: recepcionistas, seguranças, trabalhadores da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias, gestores e outros). Inclui-se, ainda, aqueles profissionais que atuam em cuidados domiciliares (exemplos: programas ou serviços de atendimento domiciliar, cuidadores de idosos, doulas/parteiras), funcionários do sistema funerário, Instituto Médico Legal (lML) e Serviço de Verificação de Óbito (SVO) que tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados e acadêmicos em saúde e estudantes da área técnica em saúde em estágio hospitalar, atenção básica, clínicas e laboratórios. Os trabalhadores que atuam nos estabelecimentos de serviços de interesse à saúde das instituições de longa permanência para idosos (ILPI), casas de apoio e cemitérios serão contemplados no grupo trabalhadores da saúde e a recomendação é que também sejam vacinados. Informa-se que os trabalhadores dos demais estabelecimentos de serviços de interesse à saúde (exemplos: academias de ginástica, clubes, salão de beleza, clínica de estética, óticas, estúdios de tatuagem e estabelecimentos de saúde animal) NÃO serão contemplados nos grupos prioritários elencados inicialmente para a vacinação.

Pessoas com síndrome de Down

Pessoas com síndrome de Down, com idade entre 18 e 59 anos, obrigatoriamente deverão apresentar, na hora de receber a vacina, atestado ou declaração médica ou ainda exame cariótipo confirmando a patologia estabelecida pelo Ministério da Saúde para receber a vacina. O documento deverá ser apresentado no momento da aplicação da vacina e ficará retido na Central de Vacinação. Além disso, a Carteira de Transporte também será aceita como documento comprobatório. 

Transplantados

Pacientes transplantados, com idade entre 18 e 59 anos, obrigatoriamente deverão apresentar, na hora de receber a vacina, atestado ou declaração médica confirmando a patologia estabelecida pelo Ministério da Saúde para receber a vacina. O documento deverá ser apresentado no momento da aplicação da vacina e ficará retido na Central de Vacinação.

Acesso à vacina

A aplicação da vacina acontece no setor 1 do Parque Vila Germânica. Os usuários deverão levar documento oficial com foto, carteira de vacinação, caso possuírem, e chegar com no máximo 15 minutos de antecedência para conferência da documentação. Não é necessário chegar antes disso, uma vez que o horário é agendado.

Os usuários podem acessar o setor 1 entrando pela Rua Alberto Stein, utilizando o estacionamento dentro do Parque Vila Germânica. O espaço conta com cadeiras de rodas para auxiliar no deslocamento. Pessoas com mobilidade reduzida podem acessar a Central de Vacinação pela Rua Itapiranga, que foi sinalizada pela Seterb. Neste caso, a vacina é aplicada sem que o usuário precise desembarcar do veículo.

Quer receber as notícias do Portal Alexandre José direto em seu celular, pelo WhatsApp? Então clique aqui e entre em nosso grupo. Informação em tempo real, onde quer que você esteja!

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com