InícioOpiniãoOpinião: os bastidores e a análise dos fatos, por Alexandre José

Opinião: os bastidores e a análise dos fatos, por Alexandre José

Texto escrito por Alexandre José

Justiça sendo feita

O delegado Rodrigo Marchetti retornará ao comando da Delegacia Regional de Blumenau. A solenidade de posse está prevista para o dia 26 de fevereiro na sede AMMVI. Com 30 anos de serviços prestados à Segurança Pública de Santa Catarina, Marchetti retorna à chefia da 3ª DRP, de onde nunca deveria ter saído, naquele início de tarde do 11 de setembro de 2018. Paulo Koerich, delegado chefe da Polícia Civil de SC, diz estar feliz com retorno do experiente Marchetti. Aliás, essa é uma dupla de respeito. A indicação do retorno de Marchetti é dos deputados estaduais Ismael dos Santos (PSD) e Laércio Schuster (PSB) e outras autoridades locais. Xerife Marchetti, aqui vai uma reivindicação da comunidade: volte a liberar o estacionamento para o contribuinte.

De novo?

É o Brasil, que em menos de dois meses de 2021, chega ao 4º aumento na gasolina.
No acumulado em 50 dias, são 34,7% de reajustes feitos pela Petrobras e isso nas refinarias. Para o consumidor nas bombas, o litro da gasolina comum deve chegar perto dos R$ 5,15. Em alguns estados o consumidor pagará perto dos R$ 5,50.
Segundo o proprietário dos Postos Meta a maior rede do setor no vale do Itajaí, Edson Luís Francês, “infelizmente um momento de alta inflacionária em nosso mercado de combustíveis em função da política adotada pela Petrobras.”

Édson Luís Francês.

MDB ajuda no combate às chamas em SC

Calma que é manchete política! O glorioso MDB de outros tempos e de tantas conquistas nas urnas, com suas próprias pernas, agora volta ao Governo do Estado, mas como oportunista para a governabilidade de Carlos Moisés (PSL). Aliás, o MDB e o PP estão ocupando cada vez mais espaço no governo do Bombeiro Militar catarinense!

Mário manda BluMob sair do armário

O prefeito Mário Hildebrandt (Podemos), em reunião a portas lacradas em seu gabinete no 3º andar da Prefeitura, exigiu, mandou, determinou, ordenou, que a concessionária do transporte coletivo providencie imediatamente um representante que fale com a comunidade em nome da empresa. Qualquer problema é a Prefeitura que tem que ficar se explicando nos meios de comunicação. Algo de errado não está certo.

O silêncio do Sindetranscol

O sindicato dos trabalhadores no transporte coletivo de Blumenau (Sindetranscol), parece que fechou as portas. É isso que dá para entender. Com os ônibus lotados no início da manhã e no fim de tarde durante a semana e com a pandemia, não são só os passageiros que estão em risco, mas também os motoristas e os cobradores. E aí o sindicato não aparece para defender os seus associados? Cadê o Ricardo Freitas para dar as coordenadas? Já sei! O Sindetranscol aparece só na época de negociação salarial da categoria. Pelo visto, a saúde dos trabalhares não tem importância.

📲 Quer receber as notícias do Portal Alexandre José direto em seu celular, pelo WhatsApp? Então clique aqui e entre em nosso grupo. Informação em tempo real, onde quer que você esteja!

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

    error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com