Início Emerson Luis Esporte: A torcida cansou. Eu, já faz tempo. Por Emerson Luis

Esporte: A torcida cansou. Eu, já faz tempo. Por Emerson Luis

Não tinha dúvida de que a última publicação produzida aqui no Portal iria repercutir e causar indignação em muitas pessoas com senso crítico e autoestima.

As façanhas da cidade paulista de Santana de Parnaíba apresentadas na coluna apenas confirmaram o quão estamos inertes, adestrados e resignados.

Outra postagem que fiz no Twitter e no Facebook destacando o acesso do Brusque para a Série B e ratificando nossa incompetência também teve grande eco.

Uma sensação de impotência.

Uma mistura de “inveja” e indignação.

Até porque não existe rivalidade maior no Vale do que a de Brusque e Blumenau.

Por conta da nossa incapacidade, fomos ultrapassados em simpatia e popularidade pelo Marcílio Dias.

Só que essa história vem dos tempos de Paysandu e Carlos Renaux nos confrontos contra Palmeiras e Olímpico.

Ganhou força nos embates com o BEC.

E explodiu nos duelos com o Metropolitano.

As torcidas, principalmente as organizadas, se odeiam!

Mas não estou aqui para incitar o ódio.

E sim para exaltar a atitude de três torcedores do Clube Atlético Metropolitano.

Uma gurizada com menos de 30 anos de idade, que cansada de tanta letargia e de saco cheio com tamanho repertório de piadas e chacotas, decidiu criar o “Movimento Popular Joga em Casa Blumenau”.

O principal foco é construir um estádio municipal.

Na quinta-feira (14), dia em que a campanha foi lançada, perguntei a um dos líderes do projeto se havia envolvimento político/partidário de algum integrante, mesmo entendendo que necessariamente quase tudo que precisa sair do papel passa por eles.

“Nada político. Temos nossas convicções, mas vamos deixar tudo de fora. E outra: se vier político querendo palanque, vai ser menosprezado. Vamos buscar embasamento nas legislações, pegar cases (como a Arena de Bauru) onde tudo deu certo. Queremos saber quais cidades fizeram estádio municipais por meio de convênios. O que diz a lei, como conseguir dinheiro, etc. Porque o negócio é sempre o mesmo: alguém pede, eles fingem que vão atrás e o assunto morre. Queremos apresentar soluções para os negacionistas. Já passou da hora de termos voz”.

Pressão.

Ela precisa existir.

E necessariamente com todo mundo unido, pegando junto, preferencialmente com o aval do Blumenau Esporte Clube.

A diretoria se solidarizou com a ação e replicou a notícia no Facebook.

Nas redes sociais, alguns torcedores parabenizaram a iniciativa, contudo até o momento, nenhum tricolor comprou a ideia oficialmente e se juntou ao grupo.

É cedo ainda, eu sei.

Mesmo assim, picuinhas e mimimis precisam ser deixados de lado.

Isso sempre foi um fardo na cidade do “ciúme de homem”.

A torcida cansou.

Mas sozinha, não vai chegar a lugar algum.

Contem com meu apoio.

Pois eu também estou saturado.

E não aguento mais ser cúmplice desse desaforo.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Vídeo: Defesa Civil alerta para risco de alagamentos e deslizamentos em Blumenau e região

A Defesa Civil de Santa Catarina publicou nesta quarta-feira (24) um alerta para chuvas intensas no Médio Vale do Itajaí. Conforme o órgão, a...

Caminhão desgovernado derruba muro e mata criança de 1 ano em Camboriú

Uma criança de apenas 1 ano e 6 meses morreu na manhã desta quarta-feira (24) após ser atingida por um muro em Camboriú. Conforme...

Caixa aprova novo empreendimento na Escola Agrícola em Blumenau

A expectativa é de um boom no mercado imobiliário de Blumenau em 2021. Seguindo essa tendência, um novo empreendimento será lançado no coração da...

SC recebe mais 59,5 mil doses da vacina Oxford-AstraZeneca contra Covid-19

O Governo do Estado recebeu na manhã desta quarta-feira (24) mais um lote de vacinas contra o novo coronavírus. A remessa de 59,5 mil...

Loja atacadista abre seleção para 200 postos de trabalho em Pomerode

Mais uma oportunidade de trabalho para os profissionais do Vale do Itajaí: o Grupo Koch está com 200 vagas abertas, em diferentes funções, para...