InícioGeralNutrição: saiba tudo sobre a dieta “low FODMAP”, por Luana Effting

Nutrição: saiba tudo sobre a dieta “low FODMAP”, por Luana Effting

Nos últimos tempos uma nova dieta tem sido cada vez mais comentada, em que o foco não é o emagrecimento, mas sim, o tratamento de alterações intestinais, principalmente a síndrome do intestino irritável (SII). Se trata da “low FODMAP diet” ou a “dieta baixa em FODMAP”. FODMAP significa oligossacarídeos, dissacarídeos, monossacarídeos e polióis fermentáveis, que nada mais são do que tipos de açúcares obtidos a partir de alimentos fontes de carboidrato e que são altamente fermentáveis.

A maioria das pessoas lida super bem com eles, porém alguns indivíduos diagnosticados com SII podem apresentar intolerância aos FODMAPs e por isso acabam se beneficiando ao retirar estes alimentos por um período. Apesar do grande alívio nos sintomas de distensão abdominal, flatulência excessiva e dor em cólicas, principalmente, essa não é uma dieta fácil de seguir, precisa ser feita por um período limitado de tempo e sempre em conjunto com o tratamento do fortalecimento da barreira intestinal, redução do processo inflamatório e equilíbrio da microbiota.

Entre os alimentos FODMAP estão:

✔ Hortaliças: alho, beterraba, cebola, couve-flor e repolho;

✔ Pão/Trigo;

✔ Frutas: abacate, ameixa, maçã e melancia;

✔ Leite, iogurte e alguns tipos de queijo;

✔ Leguminosas: feijão, grão de bico e lentilha;

✔ Adoçante: mel, maltitol, sorbitol e xilitol;


Sim, isso mesmo, a lista é grande e inclui muitos alimentos saudáveis! Por isso a dieta deve ser bem ajustada, feita e acompanhada por um nutricionista capacitado. 

Texto escrito por LUANA EFFTING

Luana Effting é nutricionista formada em 2015, com especialização nas áreas clínica e esportiva. Atua nas áreas de emagrecimento, hipertraofia, desempenho esportivo, tratamento de alterações intestinais e metabólicas e na orientação para vegetarianismo/veganismo.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com