Início Emerson Luis Esporte: A bagunça continua. Por Emerson Luis

Esporte: A bagunça continua. Por Emerson Luis

Quem me acompanha neste espaço vai lembrar que desde quando a parceria entre Clube Atlético Metropolitano e a AS27 Sports Agency foi fechada, projetei dias melhores para o time blumenauense. 

De qualquer maneira, para ratificar meu otimismo, vou resgatar dois artigos produzidos neste espaço.

A primeira publicação é de 24 de janeiro. 

O segundo comentário remete a 24 de abril.

Espero não ter me enganado.

Não participar da estreia foi uma pisada na bola. 

“Culpa da Covid”.

Os detalhes podem ser vistos aqui em reportagem feita pelo Portal.  

Pelo que reza o contrato, as taxas na Federação Catarinense de Futebol e na Confederação Brasileira de Futebol são de responsabilidade do Metropolitano.

Foram regularizados 18 atletas para enfrentar o Inter de Lages. 

Como o clube está quebrado financeiramente, me disseram que a conta foi bancada pelo presidente.

Valdair Matias não respondeu nem que sim e nem que não:

“Sempre com o chapéu na mão, mas estamos sobrevivendo. Sempre correndo atrás da máquina”.

Presidente do Metropolitano Valdair Matias. Foto: Reprodução

Até o começo da tarde desta sexta-feira (6), externamente, ninguém sabia absolutamente nada sobre o jogo contra o Camboriú, marcado para o próximo domingo (8). 

No site, a última notícia foi publicada em 27 de outubro. 

E destaca o Futebol 7. 

Nenhuma surpresa.

Até porque as atualizações são feitas voluntariamente por um colaborador.

Fui incluído no grupo de WhatsApp do Metrô criado para aproximar e alinhar a comunicação entre diretoria, time e Imprensa.

Que vinha sendo abastecido com informações, fotos e vídeos da preparação da equipe para a Série B. 

Estava indo bem.

A última notícia destacou justamente o adiamento do confronto em Ibirama.

Foi inserida logo depois da meia-noite de domingo (1) para segunda-feira (2).

Depois, silêncio absoluto.

Isso estava me incomodando.

Esperei até esta sexta-feira (6) às 10h23.

Perguntei sobre a situação dos jogadores contaminados, se o time inscreveu ou pretendia inscrever quantos atletas para o jogo em Camboriú, e qual seria a posição oficial quanto aos seis jogadores que testaram positivo.

Somente às 14h26 alguém se manifestou. 

“O departamento de futebol está trabalhando em cima disso e ao final do dia de hoje teremos uma posição concreta”.  

Trivial.

Companheiro de profissão, Edmilson Luiz (Minhoca) veio na onda:

“Mais algum atleta testou positivo no grupo esta semana?”

“Testes estão sendo realizados hoje pelo departamento de Futebol.”

Em seguida um comunicado mais amplo:

“Estamos inscrevendo novos atletas, e aguardando transferências na data de hoje, e realizando os exames de COVID no elenco, com o objetivo de estar em campo para estreia no próximo domingo, 08/11, diante do Camboriu”.

Que continuou às 17h23:

“Tivemos 11 testes positivos, porém conseguimos inscrever cinco atletas. Falta um para irmos para o jogo. Acredito que dará certo”.

De fato.

Consultei o BID da CBF e cinco atletas foram inscritos.

A relação está aqui.

Se realmente faltava um nome, significa que alguém precisa assinar a súmula.

Pode ser um jogador lesionado.

Que se tornará um figurante.

A conta é simples:

18 (inscritos na 1ª rodada) – 6 (infectados): 12

12 (aptos a jogar) + 5 (inscritos hoje): 17

17 (disponíveis) – 5 (novos casos de Covid): 12

Logo, com 12 atletas, não tem jogo.

Precisa ter, no mínimo, 13.

Agora há pouco, logo depois das 21h, um dos responsáveis pelo departamento de Futebol da AS27, afirmou no grupo, após minha insistência:

“Jogaremos. Além disso emitiremos uma nota oficial”.

Continuo desconfiado.

Atleta do Camboriú fazendo teste para Covid. Foto: Assessoria Imprensa Camboriú

O que está pegando nisso tudo é que não sabemos os resultados dos testes feitos hoje no Metropolitano.

Quis saber se os 11 infectados já estão incluídos na relação atual.

Nada.

Esqueci que vai ter nota oficial.

No Camboriú não tem mistério.

Ninguém acusou positivo.

No Hercílio Luz também não.

O time de Tubarão divulgou que 20 atletas estão contaminados!

Isso mesmo: 20.

Domingo tem jogo (ou não) marcado contra o Inter, em Lages.

A tabela completa está aqui.

Organização.

Transparência.

É o mínimo que se espera de um clube de futebol.

Do pouco que se sabe (para acompanhar treino ou fazer entrevistas tem de marcar hora com o staff da empresa de André Santos), a parceria não começou bem.

Quando a gente acha que o futebol de Blumenau vai ressurgir, aí mesmo que ele não sai do lugar.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Terça-feira de sol entre nuvens, calor e sensação de abafamento em Blumenau

Na terça-feira (24), a influência da circulação marítima favorece presença e variação de nuvens, alternado por aberturas de sol e há condição para chuvisco...

Com 2,4 mil casos e 11 mortes em uma semana, Blumenau vive o pico da pandemia

A "segunda onda" do coronavírus já se tornou o pico da pandemia em Blumenau. De acordo com os dados anunciados pela Secretaria de Saúde,...

Eleições 2020: recontagem de votos para cargo de vereador de Blumenau será realizada na sexta-feira

Será realizado na tarde da próxima sexta-feira (27) no Cartório da 88ª Zona Eleitoral de Blumenau o reprocessamento da totalização (procedimento de recontagem) dos...

Covid-19: Hospital Santa Catarina anuncia lotação dos leitos de UTI

O Hospital Santa Catarina anunciou na tarde desta segunda-feira (23) que todos os seus leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados ao tratamento...

Covid-19: Blumenau confirma 487 casos e três mortes nas últimas 24h

Os números do novo coronavírus seguem em alta em Blumenau. De acordo com a Secretaria de Saúde, mais três mortes foram confirmadas na cidade...