InícioPolíciaPartido Liberal desfilia candidata a vereadora presa em operação policial em Blumenau

Partido Liberal desfilia candidata a vereadora presa em operação policial em Blumenau

Em reunião nesta terça-feira (27), a direção da Executiva Municipal com a Executiva Estadual do Partido Liberal (PL) decidiu por desfiliar Noemi da Silva, candidata a vereadora, presa na segunda-feira (26) em operação que resultou na apreensão de 190 quilos de maconha no bairro Itoupava Central. O pedido agora será encaminhado à Justiça Eleitoral. Portanto, a suspeita não poderá mais concorrer nas Eleições 2020.

A mulher foi transferida para o presídio feminino no Complexo Penitenciário do Vale, na Canhanduba, em Itajaí. Ontem, ela teve a prisão em flagrante convertida em preventiva, assim como os dois homens envolvidos na ocorrência, identificados como Guilherme Lourenço Pasold e Leodar Roberto Carvalho Junior. Em virtude da pandemia de Covid-19, o Poder Judiciário não está realizando audiências de custódia.

Operação policial

De acordo com a Polícia Militar, a operação teria iniciado após denúncias de tráfico de drogas na região da Itoupava Central. Os policiais então passaram a acompanhar a movimentação dos veículos e abordaram um motociclista na Rua Professor Jacob Ineichen. Segundo o relato dos policiais, foi encontrada uma grande quantidade de maconha na mochila do condutor. Questionado, ele disse ter comprado a droga em uma casa localizada na Rua Erich Belz. Os policiais se dirigiram até o local e flagraram um carro saindo da residência, realizando portanto uma nova abordagem.

Conforme o relato, o suspeito afirmou não possuir drogas guardadas em sua casa. Os policiais, porém, decidiram investigar e entraram na residência com a permissão a mãe do suspeito, que confirmou a existência de drogas no imóvel. Os entorpecentes estavam guardados em um quarto. No mesmo cômodo, também foram encontrados uma espingarda calibre 12, uma Winchester 357, cartuchos e R$ 16.980 em dinheiro. Além disso, ainda foram apreendidas duas balanças de precisão, sendo uma usada para pesar grandes quantidades de droga.

A Polícia Militar não sabe informar qual a participação dos outros dois envolvidos no processo. A informação é de que eles inicialmente negaram envolvimento no crime, mas acabaram confirmando a participação após certo tempo. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com