Início Cultura Especial Oktoberfest: o primeiro ano sem a festa mais importante de Blumenau

Especial Oktoberfest: o primeiro ano sem a festa mais importante de Blumenau

Reportagem de Jamille Cardoso com produção de Diego Becker

Este ano, não teremos a realização da Oktoberfest. A maior festa alemã das Américas faz parte da história do povo de Blumenau. Está no calendário do blumenauense desde criança. Por isso, mesmo com o cancelamento do evento por conta da pandemia de Covid-19, a Oktober não vai passar em branco.

O clima alemão promete invadir as ruas da cidade a partir de hoje, de forma mais tímida (é verdade), nas decorações das lojas, restaurantes e bares da cidade. E o Portal Alexandre José preparou uma série de reportagens para manter viva essa tradição e registrar esse momento inédito.

A Oktoberfest é a festa mais importante de Blumenau e nunca deixará de existir. Está bem viva na memória e no dia a dia dos blumenauenses, que esperam o ano inteiro para participar das celebrações, dos desfiles, da história da Oktober. Nesta primeira matéria, você vai conferir como os grupos estão encarando essa realidade.

A tradição dos grupos de amigos

Os grupos que levam alegria a Rua XV de Novembro nos desfiles da Oktoberfest Blumenau não sabem viver sem uma aglomeração. Faz parte do ritual abraçar os amigos, chegar perto um do outro, dividir o caneco de chope. Este ano, nada disso será possível, mas, mesmo à distância, permanece a união das confrarias.

Se em 2020, eles não vão precisar se preocupar com a previsão do tempo, para saber se vai rolar o desfile ou não, em 2021 eles esperam compensar essa lacuna provocada pela pandemia. “Esperamos que ano que vem possamos desfilar em todos, sem rodízio de grupos”, declarou o coordenador do Schweinewagen, o Carro do Porco, Leonardo André de Souza.

Foto: Divulgação / Schweinewagen

O presidente do Wurstwagen, o Carro da Linguiça, Denny Mello, contou à equipe do Portal Alexandre José que desde o início da pandemia, em março, o grupo esperava um posicionamento das autoridades locais para passar aos integrantes. São 60 adultos e 20 crianças formam uma grande família, desfilando desde a Oktoberfest de 2006.

“Pretendemos fazer nosso tradicional carreteiro de linguiça no sistema drive-thru, para que todos os integrantes do grupo possam se manter protegidos perante a pandemia. A data será em novembro, ainda neste ano. A próxima edição será um sucesso e faremos de tudo para que isso aconteça”, afirmou Mello.

Foto: Divulgação / Wurstwagen

O Cucawagen, o Carro da Cuca, tinha grandes planos para a Oktoberfest 2020. O grupo iria lançar os novos trajes a serem usados pelos 38 integrantes. As cores seriam mantidas: o bege (remetendo à cor da massa de cuca) e o azul (em alusão à bandeira de Silésia, importante zona industrial dividida entre a Polônia, a República Tcheca e a Alemanha, onde supostamente surgiu a cuca de farofa.

Já os tecidos e os aviamentos seriam ainda mais sofisticados, como os trajes tipicamente alemães. “Não vai ter Oktober, mas vai ter cuca! A cuca faz parte das nossas melhores lembranças culinárias. Blumenauense que se preze tem uma Oma (avó) ou padaria craque no assunto”,  disseo presidente do Cucawagen, Michel Schmitt.

Para celebrar o mês mais importante da história do grupo, o Carro da Cuca está produzindo um videoclipe da música oficial com todos os integrantes, cada um na sua casa. “A energia que levamos para a Rua XV será transmitida de forma on-line, da nossa casa, com muito carinho, para a casa de todos os Oktoberfesteiros”, adiantou Schmitt.

Para o ano que vem, o grupo promete alegria em dobro. “A Oktoberfest surgiu depois de um momento muito triste na história da Blumenau. Acreditamos que a edição de 2021 vai resgatar a essência da nossa festa, literalmente. Assim como as águas do Rio Itajaí-Açu subiram e baixaram, todo esse caos há de passar. Até lá, se cuidem. Por nós e por vocês”, finaliza Schmitt.

Foto: Jaime Batista / Cucawagen 

Leia também as demais reportagens da série

Especial Oktoberfest: a alegria das bandas fora dos pavilhões da Vila Germânica

Especial Oktoberfest: um sonho de infância adiado por mais um ano

Especial Oktoberfest: a festa que movimenta milhões na economia local

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Partido Liberal se manifesta sobre candidata presa em operação policial em Blumenau

Na manhã desta terça-feira (27), a direção executiva do Partido Liberal (PL), em Blumenau, informou que soube da prisão da candidata a...

Museu da Cerveja reabre para visitação nesta terça-feira em Blumenau

Nesta terça-feira (27), o Museu da Cerveja, que estava fechado desde 18 de março por conta da pandemia, reabre para a visitação...

Polícia Civil faz operação “Sistema” para cumprir 50 ordens judiciais no Estado

A Polícia Civil de Santa Catarina efetuou na manhã desta terça-feira (27), a Operação “Sistema” para cumprir 30 mandados de busca e...

Manutenção em reservatório do Samae poderá deixar seis bairros sem água nesta quarta

Os moradores dos bairros Testo Salto, Badenfurt, Itoupavazinha, Salto do Norte, Itoupava Central e Fortaleza Alta, precisarão economizar água. Isso porque nesta...

Homem armado com faca invade e rouba dinheiro de loja no centro de Blumenau

Era por volta das 17h10min desta segunda-feira (26) quando a Polícia Militar foi acionada para um assalto que aconteceu em plena...