Início Saúde UFSC desenvolve sistema de teleatendimento para rede pública de saúde

UFSC desenvolve sistema de teleatendimento para rede pública de saúde

Imagine pegar o seu celular, clicar em um aplicativo e começar uma transmissão online com um médico. Isso parecia algo improvável há alguns meses, mas a pandemia causada pelo novo coronavírus levou o setor da saúde a buscar soluções para evitar a contaminação. Além de proteger as pessoas, o uso da tecnologia pode ampliar a oferta de serviços e ainda reduzir custos. É o que defende uma equipe de pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) que desenvolve um sistema de teleatendimento para a rede pública de saúde.

Todos os municípios do Estado poderão contar com a plataforma, que tem previsão de ser finalizada até novembro deste ano. O projeto foi apoiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc), que destinou R$ 97 mil para o grupo. O desenvolvimento do sistema deveria durar um ano, mas os pesquisadores vão antecipar a conclusão para disponibilizar a plataforma o quanto antes para a Secretaria de Estado da Saúde. A proposta pode melhorar significativamente os níveis de saúde dos pacientes, além de dar mais agilidade no atendimento.

“Imagine pessoas que estão em condição enferma em casa, doentes tendo que sair de casa, muitas vezes tendo que pegar conduções públicas. Nesse momento nem está tendo condução para chegar de fato ao local que está dando assistência à saúde. Imagine conseguir fazer a consulta de casa”, explica o professor Douglas Dyllon Jeronimo de Macedo, do Departamento de Ciência da Informação da UFSC e coordenador do projeto.

Santa Catarina já é destaque no país no desenvolvimento de tecnologias para a saúde, mas não havia um sistema semelhante porque a legislação não permitia. Até então, os gestores públicos não imaginavam uma crise mundial sanitária e a necessidade de atendimento remoto. A pandemia de Covid-19 veio mudar esse cenário. Um projeto de lei federal já foi aprovado e sancionado, permitindo as consultas a distância durante o período da pandemia, cenário que poderá ser mantido com regulamentação específica.  

O sistema de teleatendimento desenvolvido na UFSC não é só uma videoconferência, como se tem visto no mercado. Há um rigoroso trabalho para garantir a privacidade dos profissionais de saúde e dos pacientes, além da geração de dados para abastecer os prontuários eletrônicos e garantir acesso às informações durante o tratamento. “Há toda uma tarefa de gestão até esse paciente chegar numa sala virtual em que o médico esteja esperando ele”, destaca o professor Macedo.

Essa gestão inclui a criação de um fluxo para que a pessoa receba a informação sobre a consulta, saiba como acessar a sala virtual e tenha todo o atendimento necessário, o que não exclui a consulta presencial. Pelo contrário, o sistema de teleatendimento será um complemento ao serviço já disponível, ampliando as ferramentas de acompanhamento do paciente.

O projeto-piloto deve estar pronto em setembro, quando passará por melhorias. Já em outubro serão feitas as validações para entregar ao Estado em novembro, na metade do prazo inicial que seria de um ano. “É uma meta muito ousada. Mas a gente precisa responder isso para a sociedade. É muito importante que isso seja feito dessa forma”, destaca o professor.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Acidente entre van e carro deixa pelo menos 3 mortos na BR-470 em Blumenau

Foto: Marcos Fernandes/Portal Alexandre JoséUm gravíssimo acidente de trânsito foi registrado na noite deste domingo (27), em Blumenau. A batida envolvendo uma...

Blumenau tem apenas três casos de Covid-19 registrados neste domingo

Blumenau registrou neste domingo (27) mais três casos confirmados de coronavírus, divulgou a Secretaria Municipal de Saúde. Ao todo, 12.859 pessoas já...

Arcanjo socorre homem vítima de esfaqueamento em Ilhota

O Corpo de Bombeiros Voluntários de Ilhota foi acionado na tarde deste domingo (27) para socorrer um homem vítima de esfaqueamento no...

Campanha das eleições municipais começa neste domingo

A partir deste domingo (27) as Eleições Municipais 2020 entram em uma nova etapa, com o início da campanha aos cargos de prefeito,...

Média de mortes por Covid-19 no Brasil cai 10,35% em uma semana

A média diária de mortes por Covid-19, de acordo com a média móvel de sete dias, no Brasil chegou a 687,86 casos na...