Início Gastronomia Gastronomia: um amor chamado café, por Juliana Fraga

Gastronomia: um amor chamado café, por Juliana Fraga

Popular e presente em praticamente todos os lares brasileiros, acho que o café é das coisas mais democráticas e deliciosas que a gente pode consumir no dia a dia. É tanta variedade de um mesmo produto que às vezes é até difícil escolher um preferido. O Brasil é responsável por cerca de um terço da produção mundial, sendo considerado assim o maior produtor de cafés do mundo. Somos também o segundo maior em consumo da bebida, o que quer dizer que a gente bebe muito café.

Há alguns meses eu resolvi estudar um pouco sobre e tentar entender o universo dessa bebida tão complexa. Descobri coisas que não fazia ideia, como por exemplo, que os cafés possuem diferentes e complexas notas de sabor, que variam inclusive de acordo com a região em que o grão é plantado. Você sabia que o café é mais complexo em sabores que o vinho? O que eu também não sabia é a diferença entre os tipos mais comuns que a gente encontra nas prateleiras dos supermercados.

A ABIC, Associação Brasileira da Industria de Café dá notas ao café de zero a dez e com isso classifica os grãos em: não recomendável, tradicional, superior e gourmet. Os cafés com notas abaixo de 4,5 não são recomendáveis para o consumo. De 4,5 a 6 é o tradicional, esse mais comum que a gente encontra nas prateleiras dos supermercados. Entre 6 e 7 são os superiores e de 7 a 10 os gourmets.

Pra vocês entenderem, essas notas levam em conta a qualidade do grão e até mesmo a quantidade de “outras coisas” que são moídas junto com eles, como por exemplo galhos, folhas e até mesmo pequenos insetos da plantação. Os cafés com notas abaixo de 7 normalmente possuem uma torra mais escura e um sabor mais amargo, forte, pois precisam mascarar o gosto dessas imperfeições dos grãos. Agora sobre os cafés especiais, um mundo se abre. Eles são internacionalmente classificados e possuem uma qualidade e excelência inigualáveis.

São grãos perfeitos, torrados no tempo e temperatura ideais. Possuem uma torra adequada apenas para liberar suas principais qualidades. Os cafés especiais fazem uma bebida mais clara e possuem qualidades e complexidades que fazem dele único, podendo ter sabor e aroma mais frutado, doce, lembrando caramelo e até mesmo chocolate, isso no próprio grão. Tudo depende da região de cultivo e dos cuidados pós colheita.

Eu poderia ficar horas falando e escrevendo sobre o tanto que o mundo dos cafés é incrível e curioso, mas conheço pouco sobre esse universo e achei interessante trazer aqui o básico, pra despertar o interesse de quem, assim como eu, ama café. Queria destacar também o quanto temos em nosso país uma qualidade incrível desse produto e espero que você também se apaixone e queira entender um pouco mais.

Em Blumenau, eu tive o prazer de conhecer no ano passado um lugar mágico, que me despertou essa curiosidade e me fez querer saber mais sobre cafés. A Blum’s Kaffee é pioneira na torrefação de cafés na cidade e possui uma diversidade que eu nem imaginava que fosse conhecer um dia. Em uma visita você pode experimentar diversos tipos e ainda viver uma experiência de sabores e aromas. Sem falar na aula que qualquer pessoa que trabalha lá pode te dar, pois todo mundo entende muito de cafés especiais.

Foto: Blum’s Kaffee

Eu gostei tanto de tudo o que vi e experimentei por lá que acabei fazendo alguns cursos. Eles oferecem treinamentos em diversos níveis, seja pra quem quer só conhecer e saber mais, entender como preparar um excelente café em casa e até mesmo pra quem quer se torna um barista profissional e viver disso. Esse texto não é pago ou patrocinado, eu estou recomendando porque simplesmente sou apaixonada pelo lugar, pelo cheiro de café que sinto quando entro, pela experiência que é sentar em uma das mesas e escolher em um cardápio de cafés qual eu quero experimentar e ainda poder pedir um doce divino pra acompanhar. Recomendo.

O que?

Blum’s Kaffee

Instagram: @blumskaffee

Alameda Rio Branco, 732 ou Rua 7 de setembro, 1600 (Ed. Tarumã Office)

Além de ambientes muito agradáveis para apreciar um excelente café, você pode levar pra casa cafés de excelente qualidade, acessórios para preparar em casa a bebida com diferentes métodos ou fazer um dos cursos oferecidos na unidade da Alameda.

Texto escrito por JULIANA FRAGA

Juliana Fraga é jornalista e participou do MasterChef Brasil 6. Apaixonada por cozinha desde criança, valoriza ingredientes de boa qualidade e todos os seus hobbies rondam a gastronomia: desde inventar receitas com o que tem na geladeira a conhecer novos restaurantes e traçar o roteiro das férias baseado em bons lugares para comer.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Trecho da BR-470 será interditado nesta quinta-feira no Vale do Itajaí

Um trecho da BR-470 será interditado ao trânsito de veículos nesta quinta-feira (6), no Vale do Itajaí. O fechamento de ambas as pistas ocorrerá...

Covid-19: quarta-feira termina com 3 mortes e 95 novos casos em Blumenau

Blumenau registrou nesta quarta-feira (5) mais três óbitos, somando agora 494 mortes por coronavírus. Entraram para a lista de vítimas um homem de 58...

Durante briga, homem dá golpe de barra de ferro na cabeça do irmão

Uma briga envolvendo dois irmãos deixou uma pessoa ferida nesta quarta-feira (5), em Blumenau. O fato ocorreu por volta das 13h40min, na Rua Bonn,...

Juiz decreta prisão preventiva de jovem que cometeu chacina em Saudades

Notícia atualizada às 21h07minEram quase quatro horas da manhã desta quarta-feira (5) quando os autos de prisão em flagrante do jovem que matou cinco...

Homem fica ferido após cair do telhado de casa na Rua Bahia em Blumenau

Um homem ficou ferido após cair do telhado de uma casa nesta quarta-feira (5), em Blumenau. O acidente ocorreu por volta das 13h45min, na...
error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com