Início Gastronomia Gastronomia: um amor chamado café, por Juliana Fraga

Gastronomia: um amor chamado café, por Juliana Fraga

Popular e presente em praticamente todos os lares brasileiros, acho que o café é das coisas mais democráticas e deliciosas que a gente pode consumir no dia a dia. É tanta variedade de um mesmo produto que às vezes é até difícil escolher um preferido. O Brasil é responsável por cerca de um terço da produção mundial, sendo considerado assim o maior produtor de cafés do mundo. Somos também o segundo maior em consumo da bebida, o que quer dizer que a gente bebe muito café.

Há alguns meses eu resolvi estudar um pouco sobre e tentar entender o universo dessa bebida tão complexa. Descobri coisas que não fazia ideia, como por exemplo, que os cafés possuem diferentes e complexas notas de sabor, que variam inclusive de acordo com a região em que o grão é plantado. Você sabia que o café é mais complexo em sabores que o vinho? O que eu também não sabia é a diferença entre os tipos mais comuns que a gente encontra nas prateleiras dos supermercados.

A ABIC, Associação Brasileira da Industria de Café dá notas ao café de zero a dez e com isso classifica os grãos em: não recomendável, tradicional, superior e gourmet. Os cafés com notas abaixo de 4,5 não são recomendáveis para o consumo. De 4,5 a 6 é o tradicional, esse mais comum que a gente encontra nas prateleiras dos supermercados. Entre 6 e 7 são os superiores e de 7 a 10 os gourmets.

Pra vocês entenderem, essas notas levam em conta a qualidade do grão e até mesmo a quantidade de “outras coisas” que são moídas junto com eles, como por exemplo galhos, folhas e até mesmo pequenos insetos da plantação. Os cafés com notas abaixo de 7 normalmente possuem uma torra mais escura e um sabor mais amargo, forte, pois precisam mascarar o gosto dessas imperfeições dos grãos. Agora sobre os cafés especiais, um mundo se abre. Eles são internacionalmente classificados e possuem uma qualidade e excelência inigualáveis.

São grãos perfeitos, torrados no tempo e temperatura ideais. Possuem uma torra adequada apenas para liberar suas principais qualidades. Os cafés especiais fazem uma bebida mais clara e possuem qualidades e complexidades que fazem dele único, podendo ter sabor e aroma mais frutado, doce, lembrando caramelo e até mesmo chocolate, isso no próprio grão. Tudo depende da região de cultivo e dos cuidados pós colheita.

Eu poderia ficar horas falando e escrevendo sobre o tanto que o mundo dos cafés é incrível e curioso, mas conheço pouco sobre esse universo e achei interessante trazer aqui o básico, pra despertar o interesse de quem, assim como eu, ama café. Queria destacar também o quanto temos em nosso país uma qualidade incrível desse produto e espero que você também se apaixone e queira entender um pouco mais.

Em Blumenau, eu tive o prazer de conhecer no ano passado um lugar mágico, que me despertou essa curiosidade e me fez querer saber mais sobre cafés. A Blum’s Kaffee é pioneira na torrefação de cafés na cidade e possui uma diversidade que eu nem imaginava que fosse conhecer um dia. Em uma visita você pode experimentar diversos tipos e ainda viver uma experiência de sabores e aromas. Sem falar na aula que qualquer pessoa que trabalha lá pode te dar, pois todo mundo entende muito de cafés especiais.

Foto: Blum’s Kaffee

Eu gostei tanto de tudo o que vi e experimentei por lá que acabei fazendo alguns cursos. Eles oferecem treinamentos em diversos níveis, seja pra quem quer só conhecer e saber mais, entender como preparar um excelente café em casa e até mesmo pra quem quer se torna um barista profissional e viver disso. Esse texto não é pago ou patrocinado, eu estou recomendando porque simplesmente sou apaixonada pelo lugar, pelo cheiro de café que sinto quando entro, pela experiência que é sentar em uma das mesas e escolher em um cardápio de cafés qual eu quero experimentar e ainda poder pedir um doce divino pra acompanhar. Recomendo.

O que?

Blum’s Kaffee

Instagram: @blumskaffee

Alameda Rio Branco, 732 ou Rua 7 de setembro, 1600 (Ed. Tarumã Office)

Além de ambientes muito agradáveis para apreciar um excelente café, você pode levar pra casa cafés de excelente qualidade, acessórios para preparar em casa a bebida com diferentes métodos ou fazer um dos cursos oferecidos na unidade da Alameda.

Texto escrito por JULIANA FRAGA

Juliana Fraga é jornalista e participou do MasterChef Brasil 6. Apaixonada por cozinha desde criança, valoriza ingredientes de boa qualidade e todos os seus hobbies rondam a gastronomia: desde inventar receitas com o que tem na geladeira a conhecer novos restaurantes e traçar o roteiro das férias baseado em bons lugares para comer.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Ladrões invadem casa pela janela do banheiro e furtam R$ 3 mil em joias na Vila Nova

A vítima acionou a Polícia Militar por volta das 9h30min desta segunda-feira (19) logo após voltar de viagem. Ao chegar em casa,...

Bandidos abrem buraco em parede de empresa e furtam cabos de cobre em Blumenau

A Polícia Militar por volta das 8h15min desta segunda-feira (19) para atender a uma ocorrência de furto, em Blumenau. De acordo com...

Dois suspeitos são presos com drogas, anabolizantes e munições em Blumenau

A Polícia Civil prendeu dois suspeitos na tarde desta segunda-feira (19), em Blumenau. Segundo informações da Divisão de Investigação Criminal (DIC), tudo...

Homem é atingido por tiros em tentativa de homicídio e suspeito foge, em Blumenau

A tentativa de homicídio foi registrada pela Polícia Militar por volta das 22h55min desta segunda-feira (19). Tudo aconteceu no bairro Itoupava Norte....

Terça-feira com mais aberturas de sol em Blumenau e máxima de 31°C

Nesta terça-feira (20), a circulação marítima perde intensidade permitindo mais aberturas de sol no decorrer do dia. A mínima varia entre 19°C...