Início Emerson Luis Esporte: Quem gosta de rodízio é dono de churrascaria e pizzaria. Por...

Esporte: Quem gosta de rodízio é dono de churrascaria e pizzaria. Por Emerson Luis

O assunto dominante ainda é a goleada sofrida pelo Flamengo.

Vai continuar rendendo.

Críticas, piadas e memes.

O troco dos rivais.

Um dia depois do outro.

Vou aproveitar o gancho.

Zoações à parte, ninguém gosta de ficar no banco ou ser reserva.

Nem em pelada.

Na patota, o cara sai para não enfartar, recupera o fôlego, e já fica agoniado para voltar.

Imagina jogador profissional!

A cabeça de Domènec Torrent já foi pedida em uma bandeja.

O espanhol está querendo dar chance para todo mundo.

Quer preservar clinicamente o atleta.

Jogador quer jogar.

O tal rodízio, acaba, de alguma maneira, com a meritocracia e a concorrência.

E diante da nossa cultura imediatista isso não tem como dar certo.

Requer tempo.

Paciência.

Tranquilidade para trabalhar.

Obviamente que ele – e ninguém – nunca conseguirá fazer isso no Flamengo.

Em nenhum clube brasileiro.

Domènec e Guardiola nos tempos do Bayern de Munique. Foto: Internet

Falando em paz para exercer a profissão, a bola da vez é justamente Miguel Ángel Ramirez Medina, jovem técnico de 35 anos do Independiente Del Valle.

Muitos torcedores começaram a pedir sua contratação – não existe alguém mais resultadista do que torcedor.

Não é tão simples tirá-lo do Del Valle.

Essa reportagem explica bem os motivos.

A boa fase não é obra do acaso.

Existe todo um planejamento (sem pressa e pressão).

E muita grana envolvida.

Miguel Ángel Ramírez. Foto: Internet

O espanhol não fez o time jogar assim em um mês.

Primeiro treinou a base.

Subiu para o profissional antes da molecada.

Depois promoveu os jogadores que já conhecia.

Isso levou dois anos.

Dois anos!

Suponhamos que Ángel Ramírez venha trabalhar no Brasil.

Qual a chance de ter tempo para desenvolver o processo que construiu no Del Valle?

Em quantos dias seria massacrado por “inventar” e “não saber nada”?

O treinador está em um clube onde não há nenhuma cobrança externa, não há imprensa forte, e ainda tem pouca torcida.

Não dá para comparar com o Flamengo.

Em nada.

O ambiente interno é pesado, rachado, como se vê em reportagens como essa.

Jorge Sampaoli. Foto: Internet

Fico imaginando como seria ter Jorge Sampaoli vivendo o dia-a-dia do clube.

É um sonho de muita gente.

O argentino tá tocando o terror no Atlético Mineiro.

A multa rescisória é de U$ 2,5 milhões.

Miguel Ángel Ramírez. Foto: Internet

Desde a retomada do campeonato equatoriano, em 15 de agosto, o Independiente fez 10 jogos com sete vitórias e três empates.

É preciso reconhecer o momento da equipe equatoriana.

Só que ninguém toma cinco (fora o baile) com tamanha passividade.

A acomodação e o desinteresse têm sido marca registrada desse Flamengo desde a final do Campeonato Carioca (com Jorge Jesus no comando).

Não dá para colocar toda a culpa no gringo.

Essa conta precisa ser dividida.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

AO VIVO: live encerra as ações em comemoração à Oktoberfest

Neste domingo (25), originalmente encerraria a Oktoberfest Blumenau. Em função da pandemia de Covid-19, a festa de 2020 precisou ser cancelada, mas...

Capotamento na BR-470 entre Gaspar e Ilhota deixa o trânsito parado na região

O acidente foi registrado pelo Corpo de Bombeiros por volta das 17h35min deste domingo (25) na BR-470, entre os municípios de Gaspar...

Vídeo: E agora? Blumenau sem Oktoberfest

Em 2020, Blumenau não teve a realização da Oktoberfest. Este domingo, dia 25 de outubro, seria o último dia do evento, que...

Covid-19: 52 novos casos positivos e uma morte neste domingo em Blumenau

Neste domingo (25), Blumenau registrou 52 novos casos de Covid-19, chegando a 14.653 pessoas infectadas. Deste total, 13.866 foram recuperados, com...

Plataforma ajuda a escolher e acompanhar vereadores para eleições

Quem já utilizou aplicativos de encontro sabe que pode ser difícil selecionar e achar a pessoa certa em meio a tantas opções. Filtrar...