InícioSaúdeCovid-19 atinge idosos e funcionários da Casa São Simeão em Blumenau

Covid-19 atinge idosos e funcionários da Casa São Simeão em Blumenau

Uma das mais tradicionais associações de Blumenau também foi atingida pela pandemia do novo coronavírus, apesar de todos os cuidados e protocolos adotados para proteger os idosos e colaboradores. Três moradores da Casa São Simeão morreram em decorrência da Covid-19. Outros 34 estão infectados, além de 18 funcionários, que estão afastados do trabalho.

Dois óbitos ocorreram no hospital e um dentro da instituição, entre os dias 29 e 30 de agosto. Em nota, a direção afirma que acompanha atentamente o avanço da pandemia desde o início de março, suspendendo inclusive as visitas no local. No entanto, na última semana, ocorreram os primeiros contágios dentro da casa e um surto da Covid-19 iniciou.

Até agora, já foram realizadas cinco testagens dentro da Casa São Simeão. Todas aplicadas pela Vigilância Epidemiológica e Vigilância Sanitária do município nos dias 20 e 29 de julho; 14, 21 e 31 de agosto. Nestas datas, todos os idosos e profissionais foram testados. No total, a instituição tem 64 funcionários e 76 moradores. Entre os velhinhos, cinco estão recuperados do coronavírus.

Ainda segundo o comunicado, os familiares dos moradores infectados são comunicados diariamente sobre o estado de saúde deles. A casa entrou em contato com todas as famílias para ver a possibilidade de saída do idoso nesse momento para a residência de parentes ou de pessoas com vínculo afetivo. Dois já foram para outros locais e retornarão para a instituição quando possível.

Vigilância em Saúde

A Secretaria de Saúde (Semus) de Blumenau, por meio da Diretoria de Vigilância em Saúde, esclareceu, por meio de nota, que a Casa São Simeão vem sendo acompanhada diariamente pelas equipes técnicas dos serviços de Vigilância Epidemiológica e Sanitária. A instituição também é acompanhada pela Secretaria de Desenvolvimento Social e pelo Conselho Municipal do Idoso (CMI).

Além da testagem de todos os idosos e funcionários, outra medida tomada pela Vigilância Sanitária de Blumenau foi a implementação do protocolo de isolamento dos casos positivos e todas as medidas de precaução exigidas na Portaria da Secretaria Estadual de Saúde nº 252.

Outras ações de prevenção também são recomendadas, como limitar a presença em áreas comuns, restringir o uso de objetos compartilhados e servir as refeições em horários escalonados ou preferencialmente nos quartos. Visitas a idosos que residem em casas asilares estão suspensas no município.

Instituições de Longa Permanência para Idosos

Existem 21 casas asilares (ILPI) cadastradas na Vigilância Sanitária e Conselho Municipal do Idoso, em Blumenau. Todas as instituições são constantemente monitoradas e, desde o início da pandemia, recebem orientações sobre os procedimentos de segurança para evitar a disseminação do coronavírus.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com