InícioGeralRepresentantes de escolas particulares farão manifestação em Blumenau

Representantes de escolas particulares farão manifestação em Blumenau

Empresários e funcionários que trabalham em escolas particulares de Blumenau estão organizando uma manifestação pacífica para esta semana. Será na próxima quinta-feira (20), às 14h, em frente à prefeitura. A categoria busca um diálogo com o prefeito Mário Hildebrandt na tentativa de conseguir apoio para manter as empresas abertas, mesmo durante a suspensão das aulas presenciais.

Por conta da pandemia de Covid-19, com a paralisação das atividades em março, o setor foi muito prejudicado. Mesmo mantendo atividades on-line, as empresas contabilizam prejuízos com a redução dos valores das mensalidades e o cancelamento de contratos, o que já provocou uma série de demissões. No último Censo, de 2019, Blumenau tinha 52 escolas particulares credenciadas, atendendo cerca de 2.469 crianças e adolescentes.

Entre as reivindicações da categoria estão a isenção de taxas de alvarás, coleta de lixo, IPTU e ISS pelos próximos 12 meses; a ampliação do Edital de Credenciamento de Instituições Educacionais Privadas para a compra de vagas por parte da Prefeitura de Blumenau para o ano de 2021; e o acesso às informações sobre a condição de saúde para o não retorno das atividades presenciais.  

Além disso, os empresários também cobram a fiscalização das creches domiciliares, que estariam atendendo as crianças sem a supervisão de profissionais devidamente qualificados, em ambientes inadequados e sem o mínimo de regras de segurança e higiene, sobretudo se tratando da Covid-19, como uso de máscaras por todos os frequentadores do local e sem o devido distanciamento social.

Previsão de retorno

O Governo do Estado de Santa Catarina suspendeu as aulas presenciais até o dia 7 de setembro. Um comitê, formado por 15 instituições, trabalha na elaboração de diretrizes para o retorno de alunos acima de 14 anos. Em Blumenau, o prefeito Mário Hildebrandt já anunciou que antes do dia 4 de outubro as aulas presenciais não serão retomadas. A decisão teria sido tomada com base na orientação da equipe técnica que atua na elaboração de medidas de enfrentamento ao coronavírus.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com