Início Geral Pesquisa revela queda nas vendas para Dia dos Pais deste ano em...

Pesquisa revela queda nas vendas para Dia dos Pais deste ano em Blumenau

As vendas para o Dia dos Pais, em 2020, exigiram ainda mais dedicação do empresário para conquistar um consumidor, que está cauteloso. O abre e fecha do comércio após as medidas de restrição, a crise econômica e a preocupação com o coronavírus refletiram no resultado das vendas. Os resultados variam de acordo com o segmento.

Um levantamento feito pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Blumenau, de 10 a 13 de agosto, ouviu empresários de roupas e calçados (28,6%), joalherias, ópticas e relógios (13,04%), lojas de variedades, utilidades para o lar e decoração (10,8%), supermercados e alimentação (8,69%), móveis e eletrodomésticos (8,69%), entre outros (30,52%), como ferramentas, tintas, agropecuárias e petshop, material elétrico e farmácia.

Cenário geral

De forma geral, para 17,4% dos empresários as vendas foram ótimas; 28,3% apontaram que as vendas foram boas, para 26,1% foram regulares e 28,3% disseram as vendas foram ruins, sendo que 63% informaram que, para o Dia dos Pais, em 2020, venderam menos que em 2019.

O ticket médio foi de até R$ 100 para 45,7% dos entrevistados. Para 17,4% dos entrevistados o valor ficou entre R$ 101 e R$ 150; outros 17,4% informaram que variou de R$ 151 à R$ 200 e apenas 19,5% disseram que o ticket médio foi acima de R$ 200.

O cartão de crédito foi o preferido dos consumidores na hora de pagar as compras (60,9%). O pagamento à vista (dinheiro ou débito) foi escolhido por 32,6% dos clientes. Além disso, 6,5% optaram por pagar no boleto.

A relação dos estabelecimentos com as redes sociais é positiva: 78,2% usam as redes sociais para mostrar os produtos e se relacionar com os clientes, sendo que a metade destes oferece o serviço de entrega. E 21,8% disseram que não usam as redes sociais ou, quando utilizam, não se relacionam com os consumidores nestas plataformas.

Moda

O setor de moda em geral, que inclui roupas e calçados, costuma ser um dos preferidos dos consumidores nas datas comemorativas. Mas, para 53,8% dos entrevistados as vendas foram regulares ou ruins e para 46,2% foram boas, sendo que 76,9% alegam que venderam menos que em 2019.

Para 38,4%, o ticket médio foi de até R$ 100; em 31 % das vendas variou de R$ 101 a R$ 150; em 15,3% foi de R$ 151 a R$ 200 e para 15,3% o ticket médio foi acima de R$ 200. A opção pelo pagamento no cartão de crédito foi a mais escolhida (76,9%).

Joalheria, ópticas e relógios

Outro setor que costuma ser bastante escolhido pelos consumidores no Dia dos Pais é o de ópticas, joalherias e relógios, porém 83,3% dos entrevistados alegam que as vendas foram regulares ou ruins e 16,7% disseram as vendas foram boas, sendo que 83,3% venderam menos que em 2019.

Aqui o ticket médio foi um dos maiores, sendo que em 66,6% das compras variou de R$ 151 a R$ 200 e em 16,7% foi acima de R$ 200. A opção de pagamento mais usada foi o cartão de crédito (83,3%).

Loja de variedades, utilidades para o lar e decoração

O setor é um dos que começa a comemorar os resultados. Para 60%, as vendas foram boas ou ótimas e para 40% as vendas foram consideradas regulas. Diferentemente dos setores acima, a maioria vendeu mais se comparado ao Dia dos Pais do ano anterior, sendo que 20% venderam até 10% a mais e 40% venderam mais que 31% se comparado a 2019.

Os demais (40%) disseram que em 2020 venderam menos que no ano anterior. O ticket médio oscila bastante: 60% foi de até R$ 100 e 40% foi acima de R$ 200, sendo que 60% das compras forma pagas à vista e 40% no cartão de crédito.

Supermercados

Os supermercados e serviços de alimentação têm sidos os segmentos mais impactados positivamente. Para 100% dos entrevistados as vendas foram boas (25%) ou ótimas (75%). A maioria dos empresários (75%) informou que vendeu até 20% a mais que no mesmo período do ano anterior.

Apenas 25% vendeu menos que em 2019. Para 75%, o ticket médio foi de até R$ 100 e para 25% foi de R$ 101 à R$ 150, sendo que 100% dos clientes pagaram à vista (no dinheiro ou no débito).

Móveis e eletrodomésticos

Um dos setores que vinha se destacando positivamente nas vendas, mas não teve o resultado desejado para o Dia dos Pais foi o de móveis e eletrodomésticos. Para 25% as vendas foram boas, para 25% as vendas foram ruins e para 50% as vendas foram regulares. Sendo que todos os entrevistados informaram que venderam menos que em 2019.

Se comparado aos demais setores, o ticket médio é positivo. Para 25% o ticket médio foi de R$ 101 à R$ 150, para 25% foi de R$ 151 à R$ 200 e para 50% o ticket médio foi acima de R$ 200. A modalidade de pagamento ficou dividida: 50% pagou à vista e 50% a prazo.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Briga de vizinhos por fezes de cachorro termina com homem morto, na Velha Grande

Uma briga entre vizinhos por conta de fezes de cachorro em um terreno terminou na morte de um homem, de 44 anos,...

Identificado motorista que morreu após acidente na BR-470 em Gaspar

Nas redes sociais de Pedro Francisco de souza Filho, de 30 anos, amigos e familiares se despedem emocionados com mensagens de carinho...

Rota de Lazer na Rua XV de Novembro será retomada neste domingo

Após um longo período de suspensão devido à pandemia provocada pelo novo coronavírus, a Rota de Lazer, realizada na Rua XV de...

Covid-19: sábado tem o registro de 12 novos casos confirmados em Blumenau

Blumenau registrou neste sábado (26), 12 novas pessoas infectadas pelo coronavírus na cidade. Ao todo, desde o início da pandemia, de acordoo...

Eleições 2020: termina neste sábado o prazo para pedir registro de candidatura

O prazo para a apresentação de pedidos de registro de candidaturas na Justiça Eleitoral termina neste sábado (26). A expectativa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é de que, neste ano, mais...