Início Saúde Cerca de 34% das vítimas fatais da Covid-19 em Blumenau eram diabéticas

Cerca de 34% das vítimas fatais da Covid-19 em Blumenau eram diabéticas

A Prefeitura de Blumenau divulgou nesta quarta-feira (5) um levantamento com as principais comorbidades presentes nos pacientes que morreram em decorrência do novo coronavírus na cidade. De acordo com os dados, a diabetes foi a doença mais observada, sendo constatada em 23 das 67 vítimas fatais da Covid-19 em Blumenau – o equivalente a 34,3% dos casos.

Segundo o levantamento, cinco dos pacientes com idade inferior a 60 anos que morreram na cidade eram diabéticos – ou seja, a doença foi observada em cerca de 29% das vítimas “mais jovens”. A diabetes também foi constatada em 36% dos idosos que morreram em decorrência da Covid-19 em Blumenau.

Os dados trazem preocupação à população diabética. Afinal, quais cuidados devem ser tomados? Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), os cuidados devem ser os mesmos à toda população, uma vez que as pessoas com diabetes não têm maior risco de infecção – mas sim de maior gravidade quando diagnosticadas com a Covid-19. Por outro lado, o risco de complicações é muito menor caso os níveis de açúcar no sangue estiverem controlados.

“As pessoas com diabetes que estão no grupo de maior risco para evoluir com as formas mais graves da doença são aquelas com longa história de diabetes, mau controle metabólico, presença de complicações, doenças concomitantes e especialmente idosos (maiores de 60 anos), independentemente do tipo de diabetes. O risco de complicações na pessoa com diabetes bem controlado é menor, tanto para diabetes tipo 1 quanto para tipo 2”, alertou a entidade.

A SBD destacou ainda que os sintomas observados são os mesmos da população sem diabetes, como febre, tosse seca e cansaço. Além disso, ponderou que não existe nenhuma vitamina, soro, terapia alternativa ou terapia dita para aumentar a imunidade que previna ou trate Covid-19.

Apesar disso, a entidade publicou um ebook gratuito onde enumera diversas recomendações à população diabética. Entre as principais orientações estão o cuidado com a alimentação, a realização de atividades físicas e o isolamento domiciliar. Confira o material completo clicando aqui.

Outras comorbidades

O levantamento destacou ainda que 16 pacientes (23,8%) com Covid-19 que vieram a óbito em Blumenau possuíam problemas cardíacos, enquanto 11 tinham problemas doenças pulmonares. Além disso, ao menos dez eram idosos (sendo três deles com idade abaixo de 60 anos) e seis sofriam de imunodepressão ou imunossupressão. Confira a relação completa no gráfico abaixo:

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Briga de vizinhos por fezes de cachorro termina com homem morto, na Velha Grande

Uma briga entre vizinhos por conta de fezes de cachorro em um terreno terminou na morte de um homem, de 44 anos,...

Identificado motorista que morreu após acidente na BR-470 em Gaspar

Nas redes sociais de Pedro Francisco de souza Filho, de 30 anos, amigos e familiares se despedem emocionados com mensagens de carinho...

Rota de Lazer na Rua XV de Novembro será retomada neste domingo

Após um longo período de suspensão devido à pandemia provocada pelo novo coronavírus, a Rota de Lazer, realizada na Rua XV de...

Covid-19: sábado tem o registro de 12 novos casos confirmados em Blumenau

Blumenau registrou neste sábado (26), 12 novas pessoas infectadas pelo coronavírus na cidade. Ao todo, desde o início da pandemia, de acordoo...

Eleições 2020: termina neste sábado o prazo para pedir registro de candidatura

O prazo para a apresentação de pedidos de registro de candidaturas na Justiça Eleitoral termina neste sábado (26). A expectativa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é de que, neste ano, mais...