Início Geral "Ciclone trouxe impactos semelhantes aos da tragédia de 2008", aponta gerente regional...

“Ciclone trouxe impactos semelhantes aos da tragédia de 2008”, aponta gerente regional da Celesc

O ciclone extratropical que atingiu Santa Catarina na última terça-feira (30) trouxe transtornos significativos a diversos municípios do estado. Além dos estragos – como queda de árvores e destelhamentos -, o evento também impactou diretamente a distribuição de energia elétrica em todo território catarinense.

Segundo o gerente regional da Celesc, Cláudio Varela, 195 mil unidades consumidoras ficaram sem energia elétrica nos 16 municípios abastecidos pela Unidade de Blumenau – sendo 95 mil delas em território blumenauense. Ou seja, cerca de 75% das unidades consumidoras de Blumenau acabaram afetadas. Destas, pelo menos 25 mil seguem sem energia dois dias após o ciclone.

“Esse evento é quase similar à tragédia de 2008, quando 95% das unidades consumidoras da cidade ficaram afetadas”, comentou. “Naquela ocasião, levamos 15 dias para restabelecer o sistema elétrico, contando com ajuda de técnicos das regiões de Chapecó, São Miguel do Oeste, Videira, entre outras, que não foram afetadas e puderam nos ajudar”.

Ajuda esta que não pode ser recebida na atual situação, uma vez que o ciclone trouxe transtornos significativos em todas as regiões do estado. Segundo Varela, mais de 1,5 milhão de unidades consumidoras de todo o estado ficaram sem energia após o ciclone. Ou seja, nenhuma equipe de outras regiões pode se deslocar até Blumenau para auxiliar nos trabalhos.

Apesar disso, Varela destaca ainda que “a Celesc está trabalhando 24 horas para restabalecer o serviço o mais rapidamente possível”. Segundo ele, pouco mais de 7 mil unidades consumidoras de Blumenau seguem sem energia elétrica até o atual momento.

“Estamos montando equipes com o pessoal que trabalha no apoio técnico, para termos mais equipes para restabelecer o serviço o mais rápido possível”, destacou. “Neste momento estamos com 25 mil unidades consumidoras sem energia na região, sendo 7,3 mil delas em Blumenau. Ou seja, mais de 90% do serviço já foi restabelecido”

Além de Blumenau, os municípios mais afetados são Luiz Alves (onde 3,5 mil unidades consumidoras seguem sem energia), Apiúna (3,3 mil), Indaial (1,8 mil), Gaspar (1,7 mil), Ascurra (1,5 mil) Doutor Pedrinho (1,1 mil), Massaranduba (1,1 mil) e Rio dos Cedros (1 mil).

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Policiais e bombeiro voluntário salvam vida de bebê recém-nascido em Indaial

Um bebê recém nascido foi salvo em uma união de esforços de policiais militares e de um bombeiro voluntário, em Indaial, na...

Polícia Militar recupera moto furtada no bairro João Paulo II em Indaial

Uma moto furtada foi encontrada em Indaial, na manhã desta sexta-feira (7), graças à ajuda da comunidade. Uma viatura recebeu a informação...

Jovem vai parar na delegacia após agredir o pai e a irmã no bairro Garcia

Um jovem de 25 anos foi preso na manhã desta sexta-feira (7), em Blumenau, após agredir seus próprios familiares. A ocorrência foi...

Homens assaltam supermercado e levam carro de funcionário na Itoupava Central

Dois homens armados invadiram e assaltaram um supermercado, localizado na Rua Gustavo Zimmermann, no bairro Itoupava Central, em Blumenau. O crime ocorreu...

Massa de ar seco garante fim de semana de sol e calor em Santa Catarina

Neste sábado (8), a atuação de uma massa de ar seco sobre Santa Catarina mantém o tempo firme, em Blumenau. Na madrugada...