InícioGeralNutrição: a relação dos alimentos com a tireoide, por Luana dos Santos

Nutrição: a relação dos alimentos com a tireoide, por Luana dos Santos

É muito comum ouvirmos falar “não emagreço porque tenho tireoide”. Bem, todos possuímos a glândula tireoidiana. Ela é um órgão comum do nosso corpo. O que difere é que algumas pessoas possuem uma alta produção de hormônios produzidas por ela, denominada hipertireoidismo ou uma baixa produção denominada hipotireoidismo.

A tireoide utiliza o iodo para produzir os hormônios vitais denominados T3 e T4, responsáveis pelo nosso metabolismo basal. Dessa forma, nossas células trabalham normalmente em nosso corpo. O hormônio estimulador da tireoide é denominado TSH, e os distúrbios da tireoide ocorrem quando essa glândula para de funcionar corretamente, produzindo mais ou menos hormônios do que o normal.

O hipotireoidismo é o quadro mais comum encontrado na população, quando alguns sintomas são destacados por: aumento de peso, cansaço, indisposição, letargia, sensibilidade ao frio, formigamento ou dormência nas mãos, pele e cabelos secos, unhas quebradiças, alteração nos ciclos menstruais e desenvolvimento de bócio.

Já o hipertireoidismo possui sintomas como perda de peso, aumento de apetite, aumento da frequência cardíaca, palpitações, aumento pressão arterial, nervosismo, transpiração excessiva, mãos trêmulas.

A alimentação para quem possui algum desses distúrbios deve ser a mais saudável e equilibrada possível. Porém, alguns alimentos devem ser evitados pois alteram os níveis de TSH, como as brássicas (couve, couve flor, brócolis, couve de Bruxelas, repolho, chá verde).

O famoso suco verde, por exemplo, deve ser adaptado para quem possui alguma alteração tireoidiana, assim como o resto da dieta. Para ajustes em seu cardápio, fale com seu nutricionista. Vale ressaltar que qualquer distúrbio tireoidiano precisa de tratamento e deve ser acompanhado pelo endocrinologista.

Texto escrito por LUANA DOS SANTOS

Luana dos Santos é formada em Nutrição pela Universidade Regional de Blumenau (FURB) em 2011. Pós graduada em Nutrição Esportiva pela Universidade Cruzeiro do Sul (VP Funcional) e Fisiologia e Treinamento Desportivo pela Uniasselvi. Atua nas áreas de performance esportiva, alta performance, ênfase em Crossfit, hipertrofia e emagrecimento.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

error: Toda e qualquer cópia do Portal Alexandre José precisa ser creditada ao ser reproduzida. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações pelo e-mail jornalismo@alexandrejose.com