Início Geral Indústrias têxteis de Gaspar confeccionam máscaras de tecido para doação

Indústrias têxteis de Gaspar confeccionam máscaras de tecido para doação

Empresas da indústria têxtil, o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e costureiras autônomas de Gaspar confeccionam máscaras de tecido para seus colaboradores e algumas ainda para doação. A ação solidária está sendo ampliada através do Núcleo Têxtil da Associação Empresarial (ACIG), com o apoio do Conselho de Desenvolvimento Econômico Local (DEL), da Prefeitura de Gaspar.

A intenção é que cada empresa possa doar as máscaras produzidas para os seus colaboradores e familiares para auxiliar na prevenção do dia a dia contra o coronavírus. O excedente da produção também poderá ser doado ou vendido para outras empresas ou população em geral.

Nesta semana, o IFSC e as empresas Rhejon Malhas e Serelepe Kids iniciaram a produção com 400 máscaras e devem produzir mais 3 mil nos próximos dias. Além de doar para os próprios colaboradores, as empresas estão dispostas a auxiliar toda cidade. Rhejon e Serelepe, por exemplo, irão produzir e doar máscaras para a Círculo, uma das maiores empregadoras da cidade.

Aqueles que quiserem auxiliar e participar da ação podem entrar em contato com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Renda, Celso de Oliveira (47) 99783-8899 ou ainda preencher o formulário disponível no link https://forms.gle/12YVn7tVzFgXmpdi7.

Recomendações

O Ministério da Saúde tem recomendado que a população geral possa utilizar máscaras de tecido como estratégia de prevenção. Elas não podem ser utilizadas por profissionais de saúde e não são recomendadas para quem está com sintomas, mas podem ajudar na prevenção e no dia a dia.

As máscaras não impedem que as pessoas contraiam o vírus, mas auxiliam na propagação e na forma de lembrar as pessoas de não levarem as mãos ao rosto. Os médicos especialistas reforçam que o uso de máscaras não diminui a necessidade de higienizar as mãos de forma correta e constante.

Para profissionais de saúde, a máscara cirúrgicas e outros EPIs são indispensáveis e essenciais. a falta deles no mercado tem deixado o sistema de saúde em alerta. Por isso, o incentivo é de que pessoas que não tenham sintomas utilizem as máscaras caseiras, que podem ser produzidas ou mesmo adquiridas. Outra orientação com relação às máscaras de pano é higienizá-las e, ao removê-las, sempre lavar bem as mãos e o rosto com água e sabão.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas notícias

Compras com auxílio emergencial poderão ser pagas via celular

A partir desta sexta-feira (29), os beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600 – R$ 1,2 mil para mães solteiras – poderão...

Coronavírus: Governo do Estado confirma 131 mortes e 8 mil casos

Cinco novas mortes em decorrência do coronavírus foram confirmadas em Santa Catarina nas últimas 24h, divulgou o Governo do Estado na noite...

Aulas presenciais seguem sem data para retornar, afirma Prefeitura de Blumenau

As aulas presenciais em Blumenau seguem sem prazo definido para retornar, assegurou o prefeito Mário Hildebrandt durante pronunciamento online realizado nesta quinta-feira...

Coronavírus: Blumenau registra 19 casos e ultrapassa a marca dos 700 infectados

Blumenau registrou 19 casos de coronavírus nas últimas 24h, divulgou o prefeito Mário Hildebrandt durante pronunciamento online realizado na noite desta quinta-feira...

Secretário admite prorrogação do auxílio emergencial, mas no valor de R$ 200

O secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues Júnior, admitiu nesta quinta-feira (28) a possibilidade de prorrogação do auxílio emergencial, pago a trabalhadores...